Qulture.Rocks se junta ao UOL EdTech. Saiba mais

Como a digitalização no RH contribui para que ele seja mais estratégico?

Renan Araújo

Digitalização do RH - Pessoa digitando no computador

Ao longo da semana, temos dedicado a trazer mais materiais com dicas para que você torne o seu RH mais estratégico. Em alguns desses materiais, ressaltamos a necessidade de contar com a tecnologia como aliada desse processo, contribuindo para que as pessoas se dediquem menos a etapas manuais e mais a serviços que realmente trarão impactos para os resultados da empresa. Nesse sentido, a digitalização do RH funciona como uma importante aliada.

Neste material, a gente reforça o conceito de “transformação digital“, explica sobre a digitalização da área de Recursos Humanos e ressalta como ela contribui para que o setor se torne mais estratégico. Continue a leitura e entenda!

Navegue pelo conteúdo:

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

O que é transformação digital, aliás?

Por falar em transformação digital, achamos válido retomar esse conceito. Trata-se de um tema que tem ganhado muita força ao longo dos anos, principalmente porque muitas empresas nascidas no Vale do Silício se tornaram presentes no dia a dia de muitos de nós.

Há 10 anos, ninguém imaginava ter a possibilidade de ir ao trabalho de carro solicitado pelo aplicativo, enquanto o pedido de delivery era basicamente por telefone (lembra quando pregávamos números de pizzarias na geladeira?).

Hoje, há a possibilidade até mesmo de alugar apartamento de forma completamente digital, temos bancos que não exigem de nós burocracias que ocupam tempo da rotina, bem como há a oportunidade de alugarmos apartamento para temporada em nossa viagem. Uma verdadeira revolução nos mais diferentes sentidos!

Se muitas grandes empresas estavam em um cenário confortável até pouco tempo atrás, hoje se veem em uma competitividade com organizações jovens, com modelos de negócio diferentes e com propostas de valor distintas.

E a transformação digital?

Mas ok, e a transformação digital nesse cenário? Quando mencionamos sobre o tema, nos remetemos à tecnologia. Digital é uma informação transmitida em código binário, composto por 0s e 1s. Qualquer informação do mundo pode ser transmitida apenas com esses números. Para isso, basta acrescentar uma grande quantidade deles.

Como vimos, grandes empresas têm presenciado o mercado sendo tomado com organizações recentes e jovens, normalmente chamadas “de tecnologia”. Aqui, destaca-se o fato de que não é o uso de tecnologia de ponta, mas uma soma de vários fatores:

  • contratação de desenvolvedores de softwares e outros profissionais do ramo que colocarão em prática a ideia;
  • contam com suas próprias propostas de valor;
  • recebem investimentos para que tudo isso seja concretizado.

O papel do digital na transformação digital não é adotar tecnologias complexas. Mas:

Banner Ebook Talent Science
  • O consumidor deseja interagir com produtos e serviços de forma digital, por celulares e computadores.
  • Novos entrantes podem estabelecer suas presenças em setores até então intocáveis, pois a tecnologia é rápida e distribuída ao mercado.

Nas empresas, a lógica é parecida: interação dos setores com produtos e serviços de forma digital, de modo que processos manuais sejam realizados em ferramentas e softwares.

O que é a digitalização do RH?

A partir de toda essa contextualização, fica fácil entender sobre a digitalização do RH. Processos que até pouco tempo atrás eram feitos em planilhas, ocupando boa parte do tempo de seus colaboradores e com serviços muito manuais, hoje podem ser feitos em ferramentas, o que oferecem aos Recursos Humanos a possibilidade de serem mais estratégicos e de tomarem decisões mais baseada em dados.

Porém, deve-se levar em conta que digitalizar um setor vai muito além de apenas trazer ferramentas. É adotar uma mentalidade focada em resultados — o uso dos softwares será apenas um aliado.

Exemplo: suponhamos que você optou por uma ferramenta de gestão de desempenho. O primeiro passo seria aplicar uma pesquisa de clima para identificar a percepção de colaboradores e colaboradoras em relação às políticas, práticas e processos do negócio.

Se o time não mudar a mentalidade de que essa solução, de fato, trará insumos para implementar melhorias e analisar como o clima se comporta ao longo das estratégias, dificilmente surtirá o efeito esperado. Ou seja, os softwares precisam influenciar o desempenho do setor e agilizar as mais diferentes frentes da área, de modo que os resultados sejam sentidos na estratégia da empresa como um todo.

Quais os principais benefícios da digitalização do RH?

Além de tornar a área mais estratégica, existem outros benefícios de digitalizar a área de Recursos Humanos. O investimento na transformação digital tem aumentado ano a ano. Para se ter uma ideia, de acordo com o Guia Semestral de gastos mundiais e transformação digital elaborado pelo IDC, em 2017 foi de 1,1 trilhão. Em 2018, 1,3 trilhão. Esse número praticamente dobrou em 2021, chegando a 2,1 trilhões.

Já em relação ao setor de Recursos Humanos, segundo o Human Capital Trends, da Deloitte, 56% das empresas já redesenham o setor para adotar ferramentas digitais e móveis. Além disso, de acordo com o mesmo estudo, 41% delas estão criando aplicativos para oferecer serviços de RH e 33% das equipes já utilizam serviços de Inteligência Artificial.

Quando abordamos sobre a importância que isso traz para a empresa, destacamos especialmente:

  • mais agilidade para os processos de recrutamento e seleção, uma vez que há soluções que contribuem de forma efetiva para a triagem de candidatos e para que mais pessoas talentosas possam se inscrever em sua base;
  • direciona decisões de todo o time baseada em dados. A partir de ferramentas, há a possibilidade de tomar decisões de promoção, demissão, sucessão, além de controlar o clima organizacional da empresa a partir da ciência e não de achismos;
  • aumento da produtividade do time, uma vez que a equipe precisará dedicar menos esforços para processos manuais;
  • oportunidade de centralizar as informações do colaborador, desde dados pessoais até informações sobre o seu desenvolvimento;
  • possibilidade de ter uma ferramenta própria para que as pessoas ofereçam reconhecimentos umas às outras, com feedbacks positivos e elogios ofertados a partir de uma solução;
  • melhor controle da avaliação de desempenho aplicada na equipe, entre outros.

Como escolher uma empresa para a digitalização do RH?

Se você deseja ter um RH mais estratégico, precisa buscar por uma empresa que vá oferecer além de uma ferramenta. Existe a necessidade de trazer um fornecedor que conheça processos de RH de diferentes empresas e vá auxiliar na implementação da solução de acordo com a sua realidade. Portanto, algumas dicas podem ser seguidas, como:

  • faça benchmarking com grandes nomes do mercado para entender quais são as soluções que eles mais indicam;
  • avalie o atendimento da empresa desde o processo de pré-vendas e faça uma análise da qualidade daquela marca em relação ao mercado de RH;
  • opte por uma organização que ofereça treinamentos ao longo da parceria, de modo que os processos sejam modificados com qualidade;
  • analise o site do negócio e entenda se há preocupação em oferecer ao mercado cursos e demais materiais que auxiliem suas atividades (o que demonstra atenção em sempre compartilhar conhecimentos), entre outros.

Neste conteúdo, você pôde entender o que é a digitalização do RH, quais são os diferenciais que ele traz para uma área mais estratégica, além de conferir dicas para que você torne sua área mais digital. Conforme vimos, escolher uma equipe que será parceira ao longo do contrato deve ser uma prioridade para qualquer organização.

Se você deseja entender como digitalizar os processos de gestão de desempenho para usufruir dos diferenciais que apresentamos, entre em contato com a nossa equipe, converse com nossos e nossos especialistas e tire suas dúvidas!