fbpx

Conheça 5 tendências de benefícios e serviços corporativos para 2021

Renan Araújo

tendencias-de-beneficios

Em 2020, as empresas enfrentaram uma difícil adaptação por conta da pandemia. Profissionais de recursos humanos precisaram mudar hábitos e estratégias, a fim de se encaixar à nova realidade de trabalho. Por isso, tornou-se  essencial acompanhar as principais tendências de benefícios e serviços corporativos!

O novo “normal” incluiu modalidades de trabalho mais flexíveis no cotidiano dos trabalhadores.  Só no Brasil, o home office foi adotado por 46% das empresas, e apesar das dificuldades do teletrabalho, 29% das companhias pretendem continuar nesse formato.

Além disso, o RH das empresas precisou lidar com muitas outras mudanças, e ao mesmo tempo que as lideranças precisaram se mostrar eficientes, mesmo à distância, medidas que estimulassem o bem-estar dos colaboradores que passaram a atuar de casa precisaram ser pensadas.

É difícil conquistar bons resultados se a cultura da empresa não acompanha as evoluções naturais do mercado! Pensando nisso, em parceria com a QultureRocks, o Xerpay selecionou 5 tendências de benefícios e serviços que poderão alavancar as empresas em 2021. Acompanhe!

Por que ficar de olho nas tendências?

Sabemos que muitas mudanças trazidas por 2020 vieram para ficar. A pandemia trouxe novos desafios às empresas e seus profissionais, chamando ainda mais atenção para tudo que precisava ser corrigido ou descartado! 

As relações de trabalho não permanecem as mesmas. O isolamento social impactou a situação econômica mundial, e até as expectativas dos profissionais e das novas gerações mudaram. Hoje, podemos dizer que a qualidade de vida se tornou muito mais importante.

Ficar de olho nas tendências de RH é crucial para não ficar para trás. Se você busca uma posição de destaque e competitividade, precisa conhecer os melhores benefícios e serviços corporativos para manter a saúde da sua organização. 

Salário ou plano de carreira não são mais os únicos atrativos de uma empresa. Para atrair e reter talentos, é preciso oferecer bem mais do que isso: cultura organizacional forte, clima de trabalho agradável, benefícios flexíveis, apoio à diversidade, propósito, dentre outros!

Como inserir os benefícios flexíveis nas empresas?

Falamos de tantos benefícios, mas nem todas as empresas têm condições para adquiri-los. Parece muita coisa, certo? Mas é possível caminhar em direção ao sucesso, dando um passo de cada vez. 

Analise: 

  • como as lideranças se comportam dentro da sua organização?;
  • você tem uma boa gestão financeira? ;
  • quais as transformações mais recentes do seu nicho?;
  • de que forma a concorrência vem trazendo inovações para o setor?;
  • quais as principais necessidades dos seus funcionários?

Conhecer e adotar algumas tendências do mercado, podem ajudar sua organização a crescer. Não fique parado no tempo! Quando você investe em tecnologia e qualidade de vida, todos ganham. Principalmente porque funcionários motivados por bons benefícios se tornam mais produtivos, e isso contribui para que a empresa se fortaleça. 

Algumas das principais tendências de benefícios para 2021 envolvem temas como saúde e flexibilização do trabalho. Selecionamos as 5 mais relevantes para esse momento de pandemia: trabalho híbrido, saúde mental, salário sob demanda, cibersegurança e responsabilidade social. Dê uma olhada!

Quais as tendências de benefícios e serviços corporativos para 2021?

Agora que você entendeu melhor qual a importância de acompanhar as tendências de RH, é hora de descobrir algumas das mais relevantes para 2021! 

1. Trabalho híbrido

Antes do isolamento social algumas empresas já ofereciam trabalho home office, porém a oferta era restrita a pouquíssimos cargos. Além disso, a maior parte deles permitia o trabalho remoto apenas algumas vezes no mês.

Para quem realmente precisa comparecer à empresa, é possível adotar o trabalho híbrido. O funcionário trabalha parcialmente em casa, parcialmente no escritório.

A ideia é vantajosa para empresas e colaboradores. Trabalhando de casa, o funcionário evita o estresse e desgaste com transporte. Menos estresse, mais produtividade!

Já pensou conciliar melhor suas atividades pessoais com as funções na empresa? Economizar tempo, dinheiro e energia? 

De um lado, o colaborador consegue trabalhar com foco e motivação. De outro, a empresa percebe aumento na produtividade.

Com a chegada da pandemia, que ainda não foi solucionada, tivemos que restringir ao máximo o contato entre pessoas. A solução foi adotar às pressas o trabalho home office, para que as empresas não parassem e nem precisassem recorrer à demissão. 

O problema é que muitas pessoas ainda não têm condições materiais para trabalhar de casa. Faltam equipamentos, cadeiras confortáveis, softwares, materiais de escritório, internet e ainda a questão do próprio hábito. Nem todo mundo sabe como organizar bem a sua rotina trabalhando pelo computador. 

Por isso, além de ofertar o trabalho remoto, é importante que as empresas forneçam subsídios para a montagem do escritório. 

Caso isso não seja possível, orientar as pessoas sobre as melhores práticas de trabalho home office é fundamental!

Leia também: 5 benefícios corporativos para funcionários em home office.

2. Saúde mental e bem estar

O confinamento de 2020 também trouxe outros tipos de desafios às empresas. A falta de convivência diária, a restrição nos tipos de lazer e as saídas limitadas colaboraram para o surgimento (e até agravamento) de diversos transtornos. 

Infelizmente, a ansiedade, depressão e estresse são problemas cada vez mais comuns, principalmente aqui no Brasil, onde 80% da população se tornou ainda mais ansiosa durante a pandemia Como as empresas podem lidar com isso? 

O primeiro passo é a comunicação empática. Criar um ambiente acolhedor e mais humano. 

Os gestores podem conversar com os funcionários para descobrir como estão lidando com a nova realidade. Mas lembre que cada um enfrenta seus próprios desafios e contextos. A dor de uma pessoa não é uma dor para outra! 

O segundo passo é oferecer apoio psicológico

Se a empresa tiver condições, oferecer sessões acompanhadas por psicólogos e assistentes sociais. Dessa forma, as pessoas podem compartilhar suas dificuldades pessoais e saber que não estão desamparadas. 

O terceiro passo é incentivar hábitos de vida mais saudáveis: exercícios físicos, técnicas de relaxamento, boa alimentação, ou seja, tudo aquilo que contribui para o equilíbrio entre o físico e o mental. 

Além disso, pequenas pausas durante o expediente são fundamentais para trabalhar bem. 

3. Salário sob demanda

O salário sob demanda é uma das maiores inovações quando se trata de benefícios flexíveis. Com ele, é possível sacar o salário a qualquer momento do mês, e pelo celular!

O colaborador acessa o aplicativo e confere o saldo disponível. O valor é referente aos dias já trabalhados. Em poucos minutos, ele consegue resgatar o salário e usá-lo para pagamento de dívidas e situações emergenciais. Dessa forma, evita preocupação, estresse e juros!

Para as empresas, nada muda na folha de pagamento. Para os funcionários, significa comodidade e planejamento financeiro!

Oferecer o salário sob demanda na sua empresa é estratégico! Isso porque significa mostrar que você se preocupa com o bem estar financeiro de quem trabalha para você. Não é apenas sobre números e resultados, mas sobre valorizar o capital humano.

4. Cibersegurança

Se mais pessoas estiverem trabalhando de casa, significa maiores chances de ocorrerem brechas na segurança. Isso porque nem todo mundo sabe como funciona a segurança de dados e privacidade na internet.

As empresas normalmente contam com softwares, práticas e ferramentas de segurança no escritório. Porém, o mesmo não acontece quando se trata do computador de casa!

Sendo assim, a cibersegurança é uma tendência fortíssima para 2021. O desafio não é só criar e compartilhar dados de forma segura. É também orientar os funcionários sobre como funciona a segurança de dados

Existem diversas questões a serem solucionadas pelas organizações, com apoio de parceiros e empresas terceirizadas: descuido, em que o funcionário baixa aplicativos não autorizados; bugs e utilização errada dos softwares; falta de conhecimento levando à possibilidade de cair nos esquemas de phishing, entre outros.

5. Responsabilidade social

Não é novidade que as pessoas estão cada vez mais atentas e engajadas em causas sociais. 

As empresas que têm genuinamente os valores sociais em sua cultura organizacional despertam a atenção de todos: novos talentos, empresas e do público em geral. Mas é claro que não pode ser uma estratégia visando apenas melhorar a imagem da instituição! Deve ser uma proposta alinhada aos pilares da organização

Em tempos de pandemia e crise econômica, a responsabilidade social é fundamental. Mobilizar-se em prol de famílias, organizações e regiões menos favorecidas.

Alguns tipos de iniciativas sociais são: doação em dinheiro, produção de álcool em gel, doação de equipamentos de proteção, lives sobre como lidar com estresse nesse contexto em que vivemos etc. 

Agora que você conheceu as principais tendências de benefícios e serviços corporativos, já pode começar 2021 de outro jeito. O “novo normal” significa preocupação com o bem estar das pessoas e novas formas de aumentar a eficiência no trabalho. 

Então reflita: o que você quer oferecer para seus colaboradores? E como isso pode transformar os resultados do seu negócio? E aí, esse post te ajudou? Então siga-nos nas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn. Até a próxima!