fbpx

Atividades físicas e saúde mental: entenda a relação

Renan Araújo

atividades-fisicas-e-saude-mental

A saúde é uma ideia aparentemente simples, mas que engloba diversos aspectos das nossas vidas. Por isso, quando falamos em cuidar dela, é preciso ter em mente que ela está relacionada não apenas ao terreno mental, mas também ao físico. Falar em saúde é considerar nosso bem-estar como uma totalidade, algo complexo e que perpassa diversos componentes do nosso viver. 

Neste material elaborado pela Vitalk, empresa especialista em saúde mental nas organizações, entenda como os exercícios físicos podem ajudar a cuidar das pessoas. 

A ligação entre saúde física e mental

Antes, quando pensávamos em uma pessoa saudável, imaginávamos alguém que estava em dia apenas com seu corpo. Essa pessoa se exercitava, comia bem e, provavelmente, tinha um peso considerado adequado. Hoje, sabemos que a saúde é muito mais complexa do que isso. O peso, a dieta e a aparência são apenas algumas faces de um cenário multifacetado, que envolve também a saúde mental e emocional dos indivíduos. 

Mais do que isso: as saúdes física e mental estão diretamente relacionadas e ajudam a formar esse panorama intrincado do que significa ter saúde. Por isso, médicos, psiquiatras, psicólogos e cientistas têm pesquisado a relação entre o exercício físico e a saúde mental e os impactos que movimentar o corpo pode ter em nossas mentes. 

Atividades físicas e saúde mental 

A ciência sabe atualmente que as atividades físicas são capazes de induzir nosso corpo a produzir substâncias associadas não apenas com o bem-estar físico, mas também com o mental. Quando somos capazes de produzir endorfina, serotonina, dopamina e oxitocina, tendemos a ter um estado geral de bem-estar. Exercícios ajudam a produzir alguns desses hormônios, como a endorfina e a serotonina. 

Existem já diversas pesquisas que mostram os efeitos positivos dos exercícios físicos na saúde mental. Uma delas foi feita recentemente pela Universidade de São Paulo (USP). Indivíduos que já tinham o hábito de praticar atividades antes da pandemia ou que começaram a praticar durante o período de isolamento foram capazes de lidar melhor com o estresse. 

Benefícios das atividades físicas para a saúde mental 

Estudos mostram que ter uma rotina regular de atividades físicas não apenas causam impacto no corpo e na fisiologia relacionada, mas também interferem diretamente em nosso cérebro. Atualmente, sabemos que ele é um órgão altamente dinâmico, que pode gerar novas conexões dependendo do tipo de estímulo que recebemos –e independente da idade em que isso acontece. 

Além dos efeitos fisiológicos, o exercício também causa benefícios de outras ordens. Ele ajuda a aumentar a confiança de quem pratica. Conseguir seguir uma rotina de atividades físicas proporciona uma sensação de conquista. As atividades físicas também têm efeitos positivos na autoimagem e na autoestima.

Prática de exercícios físicos no dia a dia

A seguir, selecionamos algumas dicas que podem ser úteis para o dia a dia. 

Comece com pequenos passos

Dependendo do caso e do indivíduo, uma caminhada de dez minutos pode trazer os mesmos benefícios de uma sessão intensa de musculação. O simples fato de a pessoa começar a se mexer tem efeito positivo no humor. Claro que efeitos mais intensos dependem de consistência e da frequência. Mas os benefícios começam desde o primeiro instante em que se começa a praticar. 

O importante é começar com pequenos passos. Não crie objetivos impossíveis de cumprir. O essencial não é se tornar um triatleta logo no começo (caso esse seja seu desejo), mas ter a sensação de que você está conseguindo cumprir aquilo que se propôs a fazer. Por isso, melhor caminhar por 10 minutos do que não fazer nada. Claro, antes de começar qualquer rotina de exercícios, consulte seu médico. 

Compreenda as oscilações da rotina

Outro fator importante é compreender que vão acontecer oscilações na sua rotina de exercícios. Em alguns dias, você se sentirá bem. Em outros, nem tanto. É possível que fique com preguiça em certos momentos ou que não seja possível cumprir o objetivo de atividade física. O importante, explicam os especialistas, é persistir, mesmo que você fique parado por alguns dias. 

Consulte um médico profissional 

Como começar? É sempre importante consultar um médico e um profissional qualificado em educação física para construir uma rotina de exercícios ideal para você. Mas a maioria das pessoas que não têm problemas crônicos de saúde podem começar aumentando o número de passos que dão ao longo de um dia. É possível fazer isso usando seu smartphone. 

Benefícios dos exercícios para a saúde mental

Confira os principais benefícios dos exercícios para a saúde mental: 

  • melhora a memória;
  • reduz sintomas da ansiedade;
  • reduz sintomas da depressã;
  • diminui as inflamações no corpo, que têm relação com a ansiedade e a depressão;
  • aumenta a quantidade de substâncias que trazem bem-estar, como dopamina e serotonina; 
  • melhora a autoestima

Como começar uma rotina de exercícios?

Confira um checklist para iniciar a rotina de exercícios: 

  • comece com pequenos passos. Fazer algo é melhor do que fazer nada; 
  • consulte um médico antes de iniciar uma rotina; 
  • que tal começar aumentando o número de passos? Use os aplicativos do seu celular; 
  • cuidado com metas ambiciosas; 
  • até mesmo uma caminhada de 10 minutos pode ter efeitos sobre a saúde mental. Respeite seus limite; 
  • para algumas pessoas, ter companhia e fazer atividades em grupo pode ser motivador. 
  • seja paciente consigo mesmo, especialmente no começo. O mais importante é ser consistente.

Neste conteúdo, você pôde entender um pouco mais sobre a relação entre exercícios físicos e saúde mental. Se você deseja saber um pouco mais sobre atividades que podem ser feitas pelas empresas durante a pandemia, continue no blog e boa leitura!