Qulture.Rocks se junta ao UOL EdTech. Saiba mais

Experiência de aprendizagem corporativa: entenda a importância para o desenvolvimento do time

Qulture.Rocks

Experiência de aprendizagem - pilha de livros

O treinamento e desenvolvimento dos colaboradores é fundamental para o diferencial competitivo do negócio. Por isso, o investimento em educação corporativa se tornou estratégico para empresas de diferentes tamanhos e áreas de atuação. Por meio dele, é possível preparar cada vez mais as pessoas colaboradoras e, assim, maximizar os resultados do negócio.

Porém, para que os resultados da educação corporativa sejam efetivos para a organização e para os colaboradores é necessário considerar a experiência de aprendizagem. E engana-se quem pensa que existe uma fórmula mágica para essa estratégia. Ela precisa ser testada e validada de acordo com a realidade de cada empresa, considerando as necessidades da equipe.

Continue a leitura para entender o que é a experiência de aprendizagem, sua importância para o treinamento e desenvolvimento dos colaboradores e como promovê-la no negócio!

Navegue pelo conteúdo:

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

O que é a experiência de aprendizagem corporativa?

A experiência de aprendizagem, ou learning experience, é um conceito amplo que pode ser aplicado na educação corporativa. Resumidamente, estamos falando de uma metodologia de educação corporativa focada nas particularidades de cada colaborador, de modo que ele se sinta protagonista do próprio desenvolvimento.

Dessa forma, esse modelo costuma ter uma abordagem mais prática, privilegiando a ideia de que o aluno possa “aprender fazendo”. Ele também pode ser executado de diferentes maneiras e com diversas ferramentas, como plataformas de learning experience (LXP), aplicativos, vídeos, podcasts, etc.

Qual a importância da experiência de aprendizagem?

Segundo o Relatório Tendências de Gestão de Pessoas em 2022 da Great Place to Work (GPTW), que consultou 2654 profissionais de RH e lideranças, existe uma dificuldade no preenchimento de vagas ofertadas por empresas. O problema central é que há uma discrepância entre as habilidades solicitadas pelas organizações e as que encontram nos profissionais disponíveis no mercado.

A pesquisa ainda apontou que 37% das empresas notam uma lacuna no desenvolvimento de competências em seus colaboradores, tanto de habilidades comportamentais (soft skills) quanto de habilidades técnicas (hard skills). Somente 13% das empresas consultadas não visualizam uma lacuna no desenvolvimento dos seus colaboradores, o que reforça a necessidade de investimento em educação corporativa e na experiência de aprendizagem da equipe pelas organizações.

E para que essa estratégia seja efetiva, tenha adesão e gere resultados, é fundamental que os colaboradores tenham uma experiência estruturada. Com isso, a aprendizagem deixa de ser uma demanda exigida pela empresa e passa a ser parte da cultura e da rotina dos colaboradores.

Plano de Desenvolvimento Individual

O Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) costuma ser um aliado das empresas para o desenvolvimento dos talentos no negócio. Por meio dele, é possível que as lideranças junto aos liderados definam pontos que precisam ser desenvolvidos pelo colaborador com base em suas funções e objetivos dentro da empresa.

Contar com uma experiência de aprendizagem personalizada facilita o PDI, pois garante que o aprendizado esteja alinhado às áreas prioritárias de cada colaborador e gere valor para a sua jornada de crescimento no negócio. Isso evita, por exemplo, que o colaborador não tenha checkpoints claros de desenvolvimento e acabe negligenciado esse processo.

Avaliação de Desempenho

Outra prática que se beneficia de uma experiência de aprendizagem estruturada na empresa é a avaliação de desempenho. Nela, é avaliado o desempenho individual de cada colaborador em determinado período de tempo, visando melhorar o desempenho do negócio por meio da melhoria da performance dos colaboradores.

Banner Ebook Talent Science

Essa avaliação vai levantar, dentre outras coisas, habilidades que precisam ser desenvolvidas pelo colaborador, tanto comportamentais quanto técnicas. Como os gaps de cada colaborador podem variar bastante quando comparados aos pares, a aprendizagem com uma experiência estruturada torna o treinamento e desenvolvimento mais personalizado e efetivo.

Você também pode gostar destes conteúdos:
👉 Treinamento e Desenvolvimento: saiba tudo sobre o tema!
👉 Lifelong learning: entenda por que adotar o aprendizado contínuo em sua empresa
👉 Microlearning: entenda o que é e saiba como aplicar na empresa

Como implementar uma experiência de aprendizagem eficiente na empresa?

Como já falamos, existem diversas maneiras de promover uma boa experiência de aprendizagem visando o treinamento e desenvolvimento dos colaboradores. O primeiro passo é definir qual será o formato de aprendizagem utilizado:

  • social: nesse formato, o aprendizado não se limita apenas ao estudo de conteúdos e aulas, por exemplo. Por isso, a interação com os pares e outros profissionais é um componente fundamental do treinamento;
  • adaptativo: esse formato é mais versátil e a aprendizagem se adapta ao ritmo e à realidade de cada profissional;
  • colaborativo: requer a participação ativa e constante do profissional, que se torna um protagonista do próprio desenvolvimento;
  • híbrido: mescla a aprendizagem online, como o estudo de conteúdos e materiais, com a presencial e as trocas com os pares.

Agora que você já conhece os principais formatos de aprendizagem em um processo de educação corporativa, saiba quais são as características que definem um treinamento ou desenvolvimento com boa experiência de aprendizagem.

Visão de valor

Associar o treinamento à realidade do colaborador facilita o processo de aprendizagem, principalmente quando os conteúdos são técnicos ou conceituais. O colaborador precisa entender como aquelas habilidades que está aprendendo impactam e agregam valor para o seu trabalho.

Além disso, a aprendizagem precisa ser incorporada como um hábito que faz parte da rotina, e não como um protocolo exigido pela empresa. Isso facilita o processo de aprendizagem, pois colaboradores engajados vão ter uma aproximação com os conteúdos, facilitando o entendimento. Por isso, é muito importante que a equipe seja estimulada e tenha uma visão de sucesso do processo de aprendizagem.

Por meio de uma experiência de aprendizagem personalizada, o treinamento e desenvolvimento do time passa a fazer parte da cultura do negócio. O objetivo é que esse processo ocorra em uma via de mão dupla, com a empresa investindo na experiência de aprendizagem do time e colaboradores ativos e engajados nesse processo.

Experiência estruturada

O avanço tecnológico que tem modificado os processos de aprendizagem formais também chegou à educação corporativa. Isso quer dizer que o velho modelo com um professor/mentor transmitindo conhecimento de forma centralizada e unidirecional para os alunos já não é mais suficiente. Dessa forma, contar com interfaces de estudo modernas e dinâmicas é fundamental para a experiência de aprendizagem dos colaboradores.

Atualmente, existem diversas ferramentas que auxiliam nesse processo. As salas de aula digitais se tornaram muito relevantes, com diversos cursos e conteúdos de qualidade à disposição das empresas e profissionais. Além disso, a realidade virtual vem ganhando cada vez mais espaço na educação corporativa, por meio do uso de óculos e softwares de realidade aumentada que intensificam a imersão nas aulas.

Como já falamos, os métodos de ensino convencionais costumam dificultar a experiência de aprendizagem dos colaboradores por serem engessados e pouco interativos. Dessa forma, o uso de tecnologias, como plataformas e softwares de LXP (Learning Experience Platform), costuma ser um importante aliado da experiência de aprendizagem.


Neste conteúdo, você pôde entender o que é a experiência de aprendizagem corporativa e sua importância para os processos de treinamento e desenvolvimento dos colaboradores. Como vimos, contar uma experiência estruturada contribui para que a aprendizagem seja incorporada à rotina do time e à cultura do negócio para que tanto a empresa quanto os colaboradores tenham ganhos com a educação corporativa.

Se quiser saber mais sobre como o desenvolvimento dos colaboradores pode se tornar contínuo no seu negócio, confira o conteúdo que preparamos sobre lifelong learning!