fbpx

Conheça 6 práticas de líderes de sucesso

Renan Araújo

lider-de-sucesso

Conhecer as estratégias para se tornar um líder de sucesso deve ser uma preocupação de toda liderança, uma vez que essas ações influenciarão na retenção de talentos, na produtividade da equipe e nos resultados do negócio como um todo.

De acordo com um estudo conduzido pelo Saratoga Institute e divulgado pela revista Exame, ao entrevistar mais de 20 mil pessoas em diferentes localidades e funções, as lideranças foram apontadas como um dos principais motivos de desligamento dos talentos — questões salariais foram observadas em apenas 12% das respostas. 

Pensando nisso, elaboramos este material para que você conheça algumas práticas que devem ser adotadas por todos os líderes de sucesso, com o objetivo de se destacarem na equipe e contribuírem para a retenção. Continue a leitura e saiba mais!

1. Oferecer feedbacks

Feedback é um processo no qual as lideranças contribuem para que seus liderados e lideradas possam se desenvolver a partir de suas próprias percepções, sejam negativas, sejam positivas. Para isso, é essencial que essa prática seja contínua, de modo que as pessoas sejam orientadas sobre seus projetos, potencializando pontos positivos e aperfeiçoando estratégias que precisam de melhorias.

Especialmente para equipes que contam com grande parte do time formado pela geração de Millenials (nascidos entre os anos de 1980 e 2000), essa prática é considerada fundamental. Partindo da premissa do interesse genuíno por parte das lideranças em trazerem essas percepções, o feedback entra como uma prática que vai direcionar ações e comportamentos em busca dos objetivos do profissional, com inputs de melhorias e o reforço de comportamentos positivos — e essa geração busca o tempo todo pelos feedbacks.

Por isso, se esperar um ano para oferecê-los aos liderados e lideradas, provavelmente eles pedirão desligamento da empresa, seja por falta de motivação, seja por frustração com a carreira. Nesse sentido, quanto mais feedbacks oferecer aos profissionais, maior será o seu desenvolvimento — e mais rápido acumularão habilidades e competências.

2. Reconhecer os colaboradores

Reconhecimento aos colaboradores deve ser uma prática constante de líderes de sucesso. Veja algumas estatísticas que comprovam essa importância:

  • de acordo com um estudo elaborado pela BCG no ano de 2014, apreciação e reconhecimento são alguns dos principais drivers de “felicidade no trabalho”;
  • um levantamento realizado pela Aon Hewitt em 2012 afirmou que reconhecimento é constantemente identificado como um top driver de engajamento;
  • um estudo elaborado pela Bersin em 2012 ressaltou que 65% dos americanos declaram não terem sido reconhecidos por um bom trabalho;
  • somente 14% das empresas utilizam ferramentas de reconhecimento aos seus gerentes, de acordo com um levantamento feito pela Aberdeen.

Conforme vimos, o reconhecimento profissional é um importante fator para a retenção dos principais talentos da empresa e para o engajamento das pessoas em suas funções. Nesse sentido, sempre que um profissional fizer algo de destaque, reconheça-o publicamente. Hoje, há ferramentas que possibilitam às lideranças promoverem elogios para uma pessoa em específico ou até mesmo para o time todo, estimulando outras pessoas a buscarem por boas práticas e a trazerem inovação para as suas áreas.

3. Estimular a diversidade

De acordo com um estudo desenvolvido pela Harvard Business, empresas que estimulam a diversidade têm conflitos reduzidos em até 50% em relação àquelas que não se preocupam com o tema. Além disso, quando há a preocupação por parte das lideranças em contarem com uma equipe diversa, segundo o mesmo estudo, profissionais são até 17% mais engajados e dispostos a irem além em suas funções.

Um levantamento feito pela empresa de consultoria McKinsey afirma, ainda, que organizações com diversidade étnica e racial têm até 35% mais chances de contarem com rendimentos acima da média em seus setores.

Líderes de sucesso, especialmente em cargos mais elevados na empresa (CEO, c-level etc.), devem estimular uma seleção que contribua para essa diversidade, revendo processos e incluindo essa estratégia na cadeia de valor da empresa.

4. Ser próximo e acessível à equipe

Além disso, líderes de sucesso também estão atentos à proximidade desenvolvida com a equipe. Para isso, as reuniões de one-on-one podem ser utilizadas como uma importante estratégia para que lideranças entendam um pouco mais sobre os desafios dos liderados e das lideradas, além de acompanharem de perto o desenvolvimento de suas carreiras, suas prioridades e demais tópicos importantes que os profissionais levarem a esse encontro.

Trata-se de reuniões periódicas entre líderes, liderados e lideradas, nas quais há um melhor fluxo de informações da empresa de baixo para cima, possibilitando que equipes gestoras possam tomar ações proativas em vez de reativas.

Em seu livro The Hard Thing About Hard Things, o fundador da Netscape, Opsware e A16Z Ben Horowitz, afirma que “na ausência de uma arquitetura de comunicação bem projetada, informações e ideias irão estagnar e sua empresa irá se degenerar e se transformar em um lugar ruim para trabalhar [se não houver 1:1s]”, comprovando a importância da prática para o bom clima organizacional do negócio.

5. Ser transparente

Nas reuniões de one-on-one ou até mesmo em encontros periódicos com todo o time, a transparência deve ser priorizada pelas lideranças. Entre as vantagens de contar com uma gestão transparente, destacamos:

  • aumento da confiança por parte de liderados e lideradas em relação às políticas, práticas e processos da empresa;
  • melhorias na comunicação entre gestão e profissionais;
  • redução do nível de burocracia ao longo do expediente, promovendo maior autonomia entre as equipes;
  • maior engajamento de profissionais e das equipes de trabalho como um todo;
  • maior sentimento de pertencimento por parte da equipe;
  • formação de profissionais promotores da marca.

6. Incentivar o desenvolvimento

Por fim, líderes de sucesso devem incentivar o desenvolvimento de sua equipe, contribuindo para que profissionais entendam quais são os pontos que precisam ser aperfeiçoados e busquem soluções que contribuem nesse sentido — cursos, capacitações ou até mesmo estratégias que aprimorem o desenvolvimento pessoal, com base nas necessidades identificadas pelo próprio colaborador.

Consequentemente, essa estratégia possibilitará a formação de novos líderes. Nesse sentido, a empresa tem insumos para promover o crescimento gradual da própria organização, justamente por meio da motivação da equipe e também pela orientação profissional.

Neste material, você pôde entender quais são as características mais indicadas que devem ser adotadas por líderes de sucesso. Além desses pontos mencionados, é essencial que as lideranças estejam atentas quanto às práticas de gestão de desempenho, uma vez que contribuirão para que os talentos se sintam bem na empresa e busquem por oportunidades para que possam se desenvolver e crescer na própria organização.

Caso queira saber um pouco mais sobre o tema, continue no blog e acompanhe nosso outro material!