fbpx

Entenda o que é o recrutamento interno e quais são os seus diferenciais

Renan Araújo

recrutamento-interno

O recrutamento interno é um dos diferentes tipos de recrutamento e seleção. Nesse processo seletivo, os candidatos serão as próprias pessoas da empresa, que já estão alocadas em outras vagas ou outras áreas. Sendo assim, o papel do RH está em atrair os próprios profissionais de dentro da organização para preencher vagas em aberto, independentemente de qual seja a função.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você confira quais são as vantagens de realizá-lo e dicas de como elaborá-lo. Continue a leitura e saiba mais!

Um recrutamento pode ser interno e externo?

Sim. O fato de a equipe de Recursos Humanos ter aberto as vagas para os próprios profissionais da empresa não elimina a possibilidade de também divulgar esse cargo para o mercado.

Porém, quando é realizado para os colaboradores, é natural que algumas etapas não sejam mais necessárias. A de fit cultural, por exemplo. Afinal, o profissional já está imerso na cultura da empresa e já passou por esse processo anteriormente. Sendo assim, o ideal é que a pessoa faça o teste técnico (quando houver) e seja entrevistada pela gestão do time com vaga em aberto.

Quais são as situações que levam ao recrutamento interno?

Existem diferentes situações que levam ao recrutamento interno, que explicaremos a seguir.

Promoções

Quando uma pessoa do time é promovida, consequentemente a sua vaga ficará disponível. Dessa forma, há a possibilidade de o time buscar na própria empresa outro colaborador para exercer essas funções.

Recrutamento informal

Nesse caso, não há regras muito bem definidas. Pode ocorrer, por exemplo, quando um profissional demonstrar interesse por uma área em específico. A partir disso, ele começa a conversar com a equipe, entender a realidade do time e contar com um melhor conhecimento sobre os processos. Dessa forma, assim que houver uma oportunidade, ele tem a possibilidade de entrar no processo da vaga.

Abertura de vaga

Aqui, ocorre quando há um entendimento de que o time necessita de uma pessoa com habilidades e competências previamente definidas. Sendo assim, o time vai divulgar a vaga para o restante da empresa, dando início ao processo seletivo.

Transferências

Se uma pessoa é transferida para outro time, consequentemente essa vaga fica disponível. Cabe ao RH decidir se optará pelo recrutamento interno ou externo.

Quais são as etapas de um recrutamento interno?

Conheça algumas das principais etapas comuns em grande parte dos recrutamentos internos.

Informações de profissionais atualizadas

A primeira preocupação por parte da equipe está em manter as informações de profissionais atualizadas. Dessa forma, há a possibilidade de identificar quando uma pessoa concluiu algum curso de especialização ou ainda entender competências que podem ser aproveitadas em outras áreas.

Divulgação da vaga

Assim como ocorre no recrutamento externo, a empresa deve estar atenta à divulgação da vaga para o restante da equipe. Coloque todas as informações necessárias para atrair interessados, além de deixar um canal aberto para que as pessoas possam tirar dúvidas caso elas existam.

Convocação dos candidatos

Após a candidatura das pessoas interessadas, é preciso realizar a triagem para verificar quais são as pessoas que de fato se encaixam no perfil da vaga disponível.

Além disso, esse é um momento importante para que haja uma primeira conversa com esses profissionais, explicando um pouco mais sobre a rotina do time e as demandas específicas da vaga.

Teste técnico

O teste técnico permitirá à liderança e à equipe de RH identificar o quão familiarizado com as atividades aquela pessoa é. O ideal é que seja feita uma demanda fictícia, na qual o profissional terá que cumprir com alguns desafios e atividades que serão comuns de sua futura realidade.

Feedback

Por fim, não deixe de comunicar um feedback a todos que passaram pelo processo seletivo. Assim, o colaborador tem a possibilidade de entender quais foram os pontos positivos das atividades feitas e o que é possível melhorar. Além disso, entenderá os critérios utilizados para sua aprovação ou reprovação.

Quais as vantagens do recrutamento interno?

Agora que você já conhece algumas das principais etapas desse processo, explicaremos as vantagens de optar por ele. Confira!

Custos reduzidos

Conforme explicamos, algumas etapas podem ser deixadas de lado no recrutamento interno. Afinal, já existe o conhecimento sobre as características da pessoa e a sua adequação à cultura.

Além disso, devemos destacar que a divulgação feita internamente é muito mais simplificada. Caso a empresa utilize canais de comunicação oficiais (chats, por exemplo), a equipe de RH poderá disponibilizar nessas ferramentas as informações da vaga, datas do processo seletivo etc.

Também há a possibilidade de realizar disparos de e-mail para a sua base de profissionais, deixando sempre aberta a possibilidade de a pessoa procurar pessoas responsáveis pelo processo para tirar dúvidas.

Fit cultural

Internamente, a equipe já tem uma clareza maior de que aquela pessoa se enquadra com a cultura da empresa. Devemos levar em consideração que, quando há a preocupação por parte da empresa de considerar os valores de uma pessoa no momento de contratar, vai colocar para dentro da organização pessoas e talentos capazes de reforçar comportamentos e rituais considerados importantes pelo time.

No caso do recrutamento interno, já existe o entendimento sobre esse aspecto do candidato, além de eliminar a necessidade de a equipe realizar o processo de onboarding (tão importante para o período inicial de um colaborador recém-contratado).

Maior engajamento

De acordo com uma pesquisa realizada pela Gallup, os níveis de engajamento de profissionais no Brasil é de apenas 27%. Nesse sentido, é papel do RH realizar estratégias que tragam melhorias para esse cenário, e o recrutamento interno é uma delas.

Por meio dele, a gestão tende a valorizar o crescimento profissional das pessoas de um time. Consequentemente, vai estimular a retenção de talentos, tão importante para a preservação do capital humano da equipe.

Deve-se ressaltar, ainda, o fato de que esses resultados proporcionam melhorias da imagem da empresa perante o mercado, bem como fortalece a cultura organizacional.

Agilidade no processo

Recrutamento interno é indicado principalmente para vagas que exigem mais urgência. Como algumas das etapas não são necessárias e a divulgação é mais direcionada para o público-alvo, consequentemente há mais agilidade para a contratação.

Neste conteúdo, você pôde entender o que é o recrutamento interno, quais são as vantagens de adotá-lo, além de conferir algumas dicas para implementá-lo. Independentemente de qual seja a escolha do time de RH para o recrutamento, é essencial contar com um bom planejamento, além de fazer uma análise de quais foram os pontos fortes e fracos desse processo. Assim, o time tem a oportunidade de aperfeiçoá-lo constantemente, conferindo melhores resultados.

Ao longo do material, mencionamos sobre a importância de preservar o capital humano do time. Se você quer se aprofundar no assunto, continue no blog e confira nosso outro material!