fbpx

Como implementar OKRs? Confira nossas dicas!

Renan Araújo

Entender como implementar as OKRs em sua empresa exige alguns cuidados por parte da equipe. Trata-se de um sistema de metas coletivas e individuais que convergem para a busca de metas globais de uma organização. Entre os principais ganhos da metodologia em relação às metas tradicionais, destacamos o fato de os ciclos serem mais curtos (geralmente entre 3 e 6 meses), mais transparentes e mais flexíveis.

Neste material, selecionamos algumas dicas práticas de como implementá-las em sua empresa e se destacar em 2021. Continue a leitura e saiba mais!

Adapte a metodologia de acordo com as necessidades da empresa

O primeiro passo para obter sucesso com a implementação de OKRs é adaptar a metodologia de acordo com as necessidades da empresa.

Apesar de essa estratégia contar com uma série de características próprias, existe a necessidade de entender quais são as particularidades de seu negócio e como elas contribuirão para alcançar os objetivos globais da organização.  Ou seja, não dá para apenas copiar algo que vem dando certo em outra empresa.

Implemente por etapas

O ideal é que a implementação da OKR em sua empresa seja feita de forma gradual. Exemplo: escolha uma área que vai funcionar como um projeto-piloto da metodologia. A partir disso, acompanhe como os colaboradores se adaptaram ao novo processo, corrija falhas e o insira em outras áreas, até que seja difundida em grande parte da empresa.

Defina ciclos curtos

Conforme abordado, um dos grandes diferenciais das OKRs em relação às metas tradicionais está relacionado ao ciclo. Especialmente em um contexto no qual nos deparamos com grandes mudanças em um curto espaço de tempo (a pandemia da Covid e os seus desmembramentos, por exemplo), é essencial buscar por alternativas que permitam às pessoas revisarem suas estratégias e adaptarem de acordo com a realidade.

Nesse sentido, de forma geral, as empresas escolhem períodos que variam entre 3 e 6 meses para desdobrarem as metas individuais e de equipes.

Acompanhe as metas regularmente

Um dos grandes erros na implementação de OKRs está relacionado ao não acompanhamento das metas. Elas devem ser monitoradas de forma contínua, de modo que as pessoas entendam pontos positivos e negativos de seus projetos, definindo um percurso mais adequado para alcançar o resultado final.

Na Qulture.Rocks, as equipes se unem de 15 em 15 dias para darem suas percepções em relação às metas, o que tem sido feito para alcançarem as key results, além de trazerem insights importantes para que possam alcançar melhores resultados.

Comece pelas OKRs da empresa

OKRs, conforme mencionamos, são metas e objetivos individuais que convergem para as metas e objetivos globais da organização, certo? Por essa razão, tenha em mente quais são as OKRs de sua empresa. Assim, terá insumo para traçar os planos da empresa para o período de um ano, por exemplo. A partir dessa definição, lideranças, liderados e lideradas entenderão como as suas funções contribuirão para esses resultados.

No momento de caminhar para as OKRs das áreas, a principal dica é ter prudência. No início, não é recomendado que comece com um grande número de metas ou metas muito arrojadas, pois podem confundir os profissionais.

Do contrário, ao atingir metas mais simples, poderá impulsionar as pessoas para desafios maiores e com indicadores mais ousados nos próximos ciclos.

Envolva os colaboradores na definição das metas

Após algum tempo de metas e OKRs para as equipes, o indicado é também traçar OKRs individuais. Nesse sentido, se destaca um outro diferencial da metodologia: as próprias pessoas são envolvidas na definição dessas metas, o que gera nos profissionais um sentimento de pertencimento.

Conte com uma plataforma de gestão de desempenho

Por fim, para ter um maior controle sobre a metodologia OKR, o ideal é contar com uma plataforma de gestão de desempenho. Por meio dela, as equipes têm a oportunidade de:

  • promover clareza de objetivos em toda a empresa;
  • monitorar quais são as metas das equipes de forma simplificada;
  • criar o mapa estratégico da organização – essencial para que as equipes entendam como as suas funções convergem para os objetivos globais da empresa;
  • criar OKRs adaptadas à realidade da empresa; entre outros.

Se você gostou de saber um pouco mais sobre como implementar OKRs e deseja conhecer as soluções de uma ferramenta que auxiliará nesse sentido, entre em contato com a gente, converse com nossos profissionais e tire suas dúvidas!