fbpx

Como promover a integração na empresa? Saiba aqui!

Renan Araújo

integracao-na-empresa

Promover a integração de novas pessoas na empresa deve ser uma das prioridades da equipe. Por essa razão, é papel dos Recursos Humanos, em conjunto com as lideranças, formular estratégias eficazes que contribuam para que novos colaboradores da empresa conheçam um pouco mais sobre a cultura organizacional, entendam os papéis das diferentes áreas e se familiarizem com a realidade do negócio.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você entenda sobre a importância da integração na empresa e dicas de como promovê-la. Continue a leitura e saiba mais!

Qual a importância da integração na empresa?

De modo geral, chamamos a integração de novas pessoas na empresa de onboarding. Trata-se do processo de “aclimatação” da pessoa no negócio, de forma que ela seja submetida a treinamentos, mentorias e avaliações que contribuem para que profissionais cheguem ao seu potencial total na organização.

Para se ter uma ideia dessa importância, por meio de um check list simples e aplicado pelo gestor cerca de uma semana depois da contratação, o Google conseguiu reduzir em até 25% o tempo em que um funcionário alcança a sua produtividade máxima. Além disso, de acordo com Brandon Hall em The True Cost Of a Bad Hire, organizações que contam com processos de onboarding consolidados melhoram a taxa de retenção em até 85%.

A seguir, selecionamos alguns outros pontos de melhoria para a sua empresa ao contar com essa estratégia.

Promover um melhor clima organizacional

Clima organizacional é a percepção que as pessoas da empresa têm em relação às políticas, práticas e processos do negócio. Quando um colaborador chega até a sua empresa como contratado, certamente apresentará muitas dúvidas em relação a todos esses pontos, bem como às suas atividades que precisarão ser executadas a partir daquele momento.

Se houver a preocupação por parte da organização em apresentar os principais tópicos do negócio aos novos profissionais, naturalmente a percepção tende a ser positiva. Para entender se de fato houve melhorias no clima depois de adotar estratégias de integração, a equipe pode adotar ferramentas de pesquisas para essa avaliação.

Entre os ganhos de a equipe ter atenção quanto a esses pontos, destacamos:

  • aumento da motivação e do engajamento das pessoas;
  • melhoria da comunicação no ambiente de trabalho;
  • redução do absenteísmo;
  • imagem positiva da empresa perante o mercado.

Facilitar a integração das pessoas na rotina da empresa

Conforme abordamos, a integração das novas pessoas na empresa também está relacionada à apresentação dos principais processos do negócio, bem como trazer a oportunidade de as equipes se apresentarem para os novos contratados. Além disso, líderes têm a possibilidade de relatarem um pouco mais sobre a rotina do negócio, de modo que as pessoas possam acompanhar de perto o que as esperam no dia a dia profissional.

Consequentemente, a adaptação da equipe será em um tempo relativamente mais curto.

Pesquisas que comprovam a importância da integração na empresa

Além dos estudos apresentados no início deste tópico, existem outras análises que comprovam a importância da integração na empresa. De acordo com um estudo realizado pela Digitate, quando há uma experiência negativa na integração da pessoa na equipe, as chances desse colaborador buscar outras oportunidades aumentam duas vezes.

Em um outro levantamento realizado pela UrbanBound, essa estratégia também traz reflexos diretos para o alcance ou não das metas. Segundo a análise, aproximadamente metade dos profissionais que não alcançaram os resultados individuais não passaram pelo processo de integração. Em contrapartida, entre os que participaram do programa, 77% conseguiram alcançar as metas — contribuindo, assim, para o desenvolvimento da empresa como um todo.

4Cs da integração na empresa: o que isso significa?

Antes de explicarmos sobre dicas práticas para adotar a integração na empresa, explicaremos de forma mais detalhada sobre os 4Cs dessa estratégia, de modo que a sua equipe possa implementá-la de forma mais efetiva. Confira!

Conformidade

Em uma organização, existe uma série de processos que a pessoa precisará se adaptar nos primeiros meses. Desde aqueles mais burocráticos até aos mais sistemáticos, a equipe deve apresentar de forma detalhada à pessoa, tirar dúvidas, explicar sobre políticas, código de ética, entre outras informações relevantes.

Clarificação

Alinhamento de expectativas é essencial para que ambas as partes tenham conhecimento claro sobre o que uma espera da outra e os primeiros passos a serem cumpridos. Nesse sentido, a clarificação no processo de integração na empresa se destaca. Por meio dela, profissionais vão esclarecer todas as informações possíveis a respeito da nova função, como:

  • atribuições;
  • responsabilidades;
  • ferramentas;
  • recursos;
  • escala hierárquica, entre outros.

Cultura

É importante que a cultura organizacional seja apresentada ao colaborador logo nas primeiras etapas de entrevista. Assim, ele tem a oportunidade de analisar se identifica com os valores e rituais de sua empresa. Porém, eles devem ser reforçados no onboarding. Entre os tópicos a serem explicados, destacamos:

  • quais são os valores que a empresa considera mais importantes;
  • quais são os rituais que ocorrem na organização e qual é a frequência; entre outros.

Dessa forma, a pessoa tem a possibilidade de entender como funcionam as dinâmicas e tirar as possíveis dúvidas que surjam durante o processo.

Conexão

Líderes devem ser atuantes nesse primeiro momento da pessoa na empresa. Afinal, trata-se de uma etapa na qual vai gerar conexão entre ambos, de modo que a pessoa se sinta aberta sempre que identificar a necessidade de expor seus desafios e oferecer feedbacks em relação às suas funções. Além disso, a gestão também deve estimular a conexão com outras “pontas” da empresa: demais times, colegas da equipe etc.

Como implementar a integração de novas pessoas na empresa?

Agora que você já conhece a importância de promover a integração na empresa e está por dentro de alguns conceitos importantes sobre o assunto, chegou o momento de entendermos quais devem ser as práticas para essa implementação no negócio. A seguir, selecionamos algumas das principais.

Orientação

Lideranças devem filtrar as orientações mais importantes para um primeiro contato do novo colaborador com a empresa. É importante ter o cuidado para que não transmita informações demais, uma vez que isso pode trazer confusão para a pessoa que já está tendo acesso a muita novidade ao mesmo tempo.

Por essa razão, o ideal é que as equipes contem com um documento e entregue para que o profissional possa estudar ao longo de sua primeira semana ou até mesmo ao longo do mês.

Cronograma

Estabelecer um cronograma para a integração de novas pessoas na empresa contribuirá para que todas as etapas importantes sejam cumpridas, além de otimizar o trabalho por parte da gestão. Para isso, o ideal é que conte com um checklist, onde as pessoas poderão consultar constantemente para entenderem em que etapa o processo está, quais são as atividades que ainda faltam, além de estabelecer estratégias que tornem essa etapa mais simples.

A seguir, selecionamos algumas das etapas que podem estar inclusas na integração das novas pessoas:

  • avaliar quais são os principais equipamentos necessários para a atuação do colaborador, as ferramentas e acessos úteis para os primeiros dias de trabalho;
  • providenciar junto ao RH a configuração de e-mail corporativo, login para o sistema da empresa etc.;
  • entender sobre a função da pessoa para solicitar os sfotwares que serão necessários para o dia a dia da equipe;
  • desenvolver uma apresentação sobre o setor, na qual apresentará todos os membros da equipe, suas funções e como é a interligação do time.

Integração

Promover eventos de integração também trará ganhos para o profissional que acaba de entrar em sua empresa. Assim, além de conhecer políticas e processos dos diferentes times, ele tem a oportunidade de já se ambientar com as demais pessoas.

Muitas vezes, não precisa nem de algum tipo de evento ou uma estratégia mais elaborada. Gestos singelos contribuem para que a equipe alcance esse objetivo, contribuindo para que o funcionário tenha um contato próximo com o restante da equipe.

Treinamentos

Promover treinamentos deve ser uma prioridade além do onboarding. Afinal, por meio deles, a empresa pode usufruir dos seguintes diferenciais:

  • ampliar o senso de pertencimento da equipe;
  • reduzir a taxa de turnover;
  • contar com mais qualidade nos resultados;
  • ter a oportunidade de estabelecer metas que focam mais nos resultados;
  • incentivar o trabalho em equipe; entre outros.

Logo nos primeiros dias, eles devem ser focados em capacitar a pessoa sobre as suas principais demandas, sobre assuntos relevantes do segmento de atuação da empresa, além de analisar quais são as suas necessidades iniciais para supri-las nesse período.

Acompanhamento

A integração na empresa não acaba no momento em que todos os eventos do onboarding tenham sido concluídos. As lideranças devem acompanhar de perto o desenvolvimento do novo colaborador, analisar seu processo de adaptação e identificar pontos onde há oportunidade de melhoria.

Para isso, as práticas constantes de feedbacks e one-on-ones devem ser priorizadas, uma vez que possibilitarão esse contato próximo entre gestão, liderados e lideradas.

Neste conteúdo, você pôde entender algumas dicas práticas sobre como promover a integração na empresa, as vantagens que isso traz, entre outros pontos relevantes sobre o tema. Assim como em qualquer outra estratégia, o ideal é que a equipe conte com um bom planejamento e monitore de perto os resultados. Avalie quais foram as ações que tiveram saldo positivo e quais são aquelas que precisam de melhorias, de modo que o time acompanhe a evolução dos indicadores para contar com resultados mais significativos.

Por falar nesse tema, se você deseja entender um pouco mais sobre os principais indicadores de RH, continue no blog e boa leitura!