Qulture.Rocks se junta ao UOL EdTech. Saiba mais

Programa de reconhecimento: entenda o que é, qual sua importância e como implementá-lo

Renan Araújo

Programa de reconhecimento – equipe esportiva em campo

Programa de reconhecimento se refere a um planejamento para valorizar o esforço de colaboradores e colaboradoras da organização. No entanto, a recompensa oferecida às pessoas deve ir muito além de apenas fornecer um aumento de salário e/ou uma promoção. Há outros benefícios que podem — e devem — ser considerados.

Na organização, existem muitas maneiras de a equipe ter o controle do turnover, do absenteísmo e garantir o bem-estar de profissionais. O programa de reconhecimento é um deles. Porém, assim como em qualquer estratégia, é preciso contar com um bom planejamento, estudar o orçamento da área de Recursos Humanos e identificar o perfil de sua organização.

Por essa razão, elaboramos este conteúdo para que você entenda o que é o programa de reconhecimento, qual a sua importância, além de dicas para implementá-lo com mais efetividade. Continue a leitura e saiba mais!

Navegue pelo conteúdo:

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

O que é o programa de reconhecimento e qual a sua importância?

Programa de reconhecimento se refere a um planejamento para valorizar o esforço de colaboradores e colaboradoras da organização. No entanto, a recompensa oferecida às pessoas deve ir muito além de apenas fornecer um aumento de salário e/ou uma promoção. Há outros benefícios que podem — e devem — ser considerados.

A importância do programa de reconhecimento

A seguir, selecionamos alguns dados que corroboram a importância do programa de reconhecimento para o negócio — e trouxemos alguns erros que devem ser evitados por parte da sua equipe.

1. Programa de reconhecimento: tempo na empresa

Cerca de 87% dos programas de reconhecimento focam no tempo do colaborador ou colaboradora na empresa. Certamente deve-se comemorar que uma pessoa está há 5, 10, 15 anos em seu quadro de colaboradores. Porém, esse não deve ser o único momento de reconhecer o esforço daquele(a) funcionário(a).

2. Reconhecimento como necessidade psicológica

De acordo com um estudo realizado pela Gallup, o reconhecimento é um dos principais drivers de engajamento, eleito pelas próprias pessoas entrevistadas. Esse estudo revelou que pessoas que são reconhecidas pelo seu trabalho são de fato estimuladas a realizarem um bom trabalho.

Ou seja, um colaborador ou colaboradora que viu de perto um(a) colega ser reconhecido terá motivação para buscar ideias e novas formas de executar as demandas, o que impacta diretamente nos resultados da organização.

3. Reconhecimento como engajamento

Um outro levantamento, dessa fez feito pela Psychometrics, demonstrou que as pessoas elencam o reconhecimento como uma das principais maneiras de as lideranças engajarem a sua equipe. Ao serem perguntadas sobre o que a gestão devem fazer para melhorar o engajamento do time, o resultado foi o seguinte:

  • deixar claro quais são as expectativas — 71%;
  • escutar as opiniões das pessoas — 62%;
  • dar reconhecimento — 52%.

O mesmo estudo demonstrou que há um aumento de 60% no engajamento das pessoas que têm uma gerência com uma cultura forte e eficiente de reconhecimento. No entanto, apesar de toda essa importância apontada pelas próprias pessoas colaboradoras, apenas 14% das organizações oferecem ferramentas necessárias para o reconhecimento.

4. Programa de reconhecimento personalizado traz resultados

Segundo um estudo realizado pela SHRM/Globoforce de 2015, programas de reconhecimento ao colaborador ou colaboradora baseados nos valores do negócio contribuem significativamente para os resultados da empresa.

Também deve-se destacar que esses programas contribuem para criar um ambiente de trabalho mais humano e com uma forte cultura corporativa.

Outros dados interessantes desse estudo:

  • organizações com programas de reconhecimento eficientes contam com 31% menos demissões voluntárias;
  • organizações com práticas efetivas de reconhecimento contam com 12 vezes mais chances de alcançarem bons resultados;
  • grandes empresas investem cerca de 1% da folha de pagamento em reconhecimento.

Como implementar um programa de reconhecimento?

Agora que você já sabe sobre a importância de investir em um programa de reconhecimento, chegou o momento de entendermos sobre as principais dicas para implementar um programa como esse na equipe. Veja!

Escute as dores do colaborador ou colaboradora

O primeiro passo é entender qual é a percepção do colaborador ou colaboradora em relação às políticas, práticas e processos do negócio. Para isso, o ideal é aplicar uma pesquisa específica sobre o reconhecimento na empresa.

Banner Ebook Talent Science

A pesquisa de clima é uma pesquisa que tem como objetivo identificar a percepção das pessoas sobre os mais diferentes aspectos de sua experiência. Ela não precisa ser aplicada para entender necessariamente sobre as mais distintas dimensões (ou temas). Há a oportunidade de selecionar uma específica e detalhar mais sobre ela.

Como mencionamos, o programa de reconhecimento mais personalizado tende a trazer bons resultados para o negócio. Fazer benchmarkings com outras organizações é importante para entender sobre os desafios enfrentados por elas e como superá-los. No entanto, o jeito mais inteligente de implementar essa estratégia é dando voz ao seu próprio time, uma vez que as suas necessidades serão levadas em consideração no momento de definir as ações.

Tenha critérios bem definidos

Você deve enxergar o programa de reconhecimento como uma nova política da sua empresa. O intuito não é burocratizar o processo, mas torná-lo justo. Por meio da definição de critérios, há a oportunidade de cada pessoa da organização entender o que é preciso alcançar para ser reconhecido, independentemente do benefício oferecido.

Por essa razão, é importante aliar outras metodologias já adotadas com o programa de reconhecimento. Avaliações de desempenho e gestão de metas são algumas delas. A primeira se refere a uma avaliação estruturada do desempenho individual de um colaborador ou colaboradora, considerado o ápice de um ciclo de gestão de desempenho bem definido.

Já a segunda se trata do processo de estabelecer metas e expectativas para as pessoas de uma equipe, de modo que possa acompanhar, medir, registrar aprendizados adquiridos ao longo do tempo e, assim, ter a oportunidade de estabelecer novas metas e continuar esse ciclo… medir, acompanhar, registrar aprendizados etc.

Confira os aprendizados adquiridos com o programa de reconhecimento

Qualquer estratégia implementada pelo seu negócio traz aprendizados. Implementar o programa de reconhecimento não será diferente. Por essa razão, entenda o que deu certo na implementação, quais foram os pontos que precisam de melhorias e revise-o regularmente, com o objetivo de deixar ainda mais alinhado com os valores do negócio e com a realidade da empresa.

Ter a sua rotina baseada em dados é uma ótima maneira. Da mesma forma que você vai definir o programa a partir da percepção de profissionais em relação às políticas, práticas e processos, você terá a oportunidade de coletar feedbacks precisos da empresa como um todo para identificar o que mudou depois dessa implementação.

Nada mais é do que utilizar a prática de People Analytics a seu favor. Afinal, a empresa utilizará insights estatísticos de dados de colaboradores e colaboradoras para tomar decisões relacionadas a pessoas e ao negócio.

Forneça elogios públicos

O programa de reconhecimento não deve ser limitado apenas aos benefícios oferecidos aos colaboradores e colaboradoras. Fazer elogios também deve ser uma prática comum da empresa. Por essa razão, a iniciativa deve partir das lideranças, uma vez que vai estimular que outras pessoas também elogiem seus pares e suas gestões.

Fazer elogios contribui para que haja retenção de talentos — é o que comprova um estudo da Gallup. No levantamento,  65% dos profissionais que deixaram suas funções em uma empresa não se sentiam devidamente reconhecidos.

Se a sua empresa acredita que há uma dificuldade de começar a estimular essa prática, existem ferramentas próprias que contribuem para que qualquer pessoa da organização possa fazer um elogio, tendo a oportunidade, inclusive, de aliar a boa prática elogiada aos valores da organização.

No mural de elogios de uma solução como essa, ainda há a possibilidade de:

  • curtir e comentar conquistas de colegas e pares;
  • enviar elogios para times inteiros — principalmente quando o projeto foi feito por toda uma equipe;
  • reforçar os valores da empresa;
  • dar visibilidade para toda a organização quando algo de positivo for feito pelo colaborador ou colaboradora.

Comemore bons momentos da pessoa colaboradora

Como mencionamos, é importante celebrar o momento em que a pessoa colaboradora faz aniversário de casa. Esse é um sinal de que ela acredita no propósito do seu negócio e que está motivada a continuar exercendo suas funções — porém, esse não pode ser o único termômetro utilizado pelo seu time: daí a importância de aplicar continuamente pesquisas para a empresa inteira.

Outras datas importantes a serem implementadas no programa de reconhecimento é o aniversário do(a) profissional, além de realizar uma atividade com toda a equipe quando a meta do trimestre (ou do quadri, de acordo com o ciclo pré-estabelecido) for alcançada. Seja individual, seja em grupo, esses momentos de integração são sempre importantes para que os resultados do negócio sejam cada vez mais atrativos.

Neste conteúdo, você pôde entender um pouco mais sobre o programa de reconhecimento, dicas de como implementá-lo, além de conferir dados que comprovam a importância que ele exerce no dia a dia da organização. Como abordado, assim como qualquer outra estratégia, não deixe de contar com um bom planejamento, além de conferir de perto os resultados que isso trouxe para a equipe. Isso contribuirá para que as ações de fato sejam positivas para a empresa e contribuam para a boa imagem perante o mercado.

O que achou do conteúdo? Se você deseja saber um pouco mais sobre motivação no trabalho, continue no blog e acompanhe um outro material que produzimos sobre o tema!