fbpx

Equipes de alta performance: entenda o que é e como desenvolvê-las

Renan Araújo

equipes-de-alta-performance

Gerenciar equipes de alta performance é o sonho de qualquer liderança. Porém, isso não significa apenas contar com profissionais que tenham muito conhecimento técnico e teórico em seu quadro de colaboradores, como também conseguem compartilhar uma mesma visão, missão e valores, além de se complementarem com suas habilidades.

Nesse cenário, é papel da liderança buscar desenvolver o seu time, de forma que haja um alinhamento e aumento do engajamento com as suas funções. Consequentemente, resultados mais satisfatórios serão percebidos, o que contribui para o crescimento e desenvolvimento de toda a empresa.

Neste conteúdo, entenda um pouco mais sobre o conceito, além de conferir dicas de como desenvolver equipes de alta performance. Continue a leitura e saiba mais!

Quais são as principais características de uma equipe de alta performance?

A seguir, selecionamos as principais características de uma equipe de alta performance. Confira!

Confiança

Equipes de alta performance confiam em si mesmos e, principalmente, em suas lideranças. De acordo com uma pesquisa realizada pela Gallup, 70% do nível de engajamento das pessoas de um time é atribuído à liderança. Além disso, segundo a Harvard Business Review, 75% dos colaboradores afirmam que seus superiores imediatos constituem a pior parte do trabalho.

Dados que comprovam a necessidade da confiança de liderados e lideradas com as suas lideranças para desenvolverem um bom trabalho que se alinhe aos objetivos da empresa como um todo.

Objetivos claros

Equipes de alta performance contam com objetivos claros. Cada profissional conhece as suas metas e entendem como elas se alinham para as metas macro da empresa. Para que isso possa ser desenvolvido de forma clara, o mais indicado é utilizar a metodologia OKR — explicaremos sobre isso mais adiante.

Expectativas alinhadas

Qual é o papel de cada profissional dentro do time? Como as suas funções contribuem para a empresa? Quais seriam as prioridades para aquela semana? Todos esses pontos são fundamentais para que haja um direcionamento mais preciso aos colaboradores sobre as suas atividades.

Clima positivo

O clima organizacional positivo é um outro fator essencial para equipes de alta performance. Trata-se da percepção dos colaboradores e colaboradoras de uma organização sobre processos, políticas e práticas da empresa.

Ao entender o ponto de vista dos membros de um negócio em relação à remuneração, oportunidades de crescimento, trabalho em times, entre outros pontos, a gestão tem a oportunidade de adquirir insights para aperfeiçoar alguns pontos, de acordo com as necessidades identificadas.

Como desenvolver equipes de alta performance?

Agora que você já conhece as principais características de uma equipe de alta performance, chegou o momento de explicarmos como é possível desenvolvê-las. Veja!

Estimule feedbacks contantemente

Feedback é o processo no qual uma pessoa contribui para que a outra possa se desenvolver por meio de suas próprias percepções, negativas ou positivas. Ao entendermos sobre as vantagens que essa prática traz para a empresa, podemos fazer uma analogia simples em relação ao GPS e os seus diferenciais para um mapa de papel.

Ambos mostram o destino, certo? No entanto, o GPS vai direcionar o usuário de acordo com o momento em que ele está. Da mesma forma é o feedback. Existe a necessidade de aprender constantemente sobre como é possível melhorar a performance, de forma que possa superar os obstáculos e desafios que surgem ao longo da jornada de trabalho.

Consequentemente, o feedback contribui para desenvolver equipes de alta performance, além de trazerem um resultado significativo para a empresa. Afinal, quanto mais for oferecido feedback, menos pessoas vão se desviar das rotas planejadas. Além disso, maiores são as oportunidades de profissionais acumularem habilidades e competências — o que os torna mais alinhados e preparados.

Faça one-on-ones frequentemente

One-on-ones são reuniões periódicas entre líderes e liderados. Conforme os dados apresentados mais acima, as lideranças são peças essenciais para que os profissionais possam se desenvolver e confiar no trabalho em equipe. Nesse sentido, as one-on-ones contribuem para trazer:

  • uma sensação positiva para o colaborador, de que alguém se preocupa com ele como pessoa;
  • um entendimento por parte do profissional de que a empresa também se preocupa com o seu desenvolvimento e com sua carreira;
  • uma percepção de que ele é ouvido no ambiente profissional.

Nesse cenário, as one-on-ones contribuem para que haja um fluxo maior de informações da empresa de baixo para cima, o que permite às gestões identificarem situações e tomarem ações e decisões mais rápidas e preventivas. Além disso, há uma possibilidade privada de lideranças, liderados e lideradas oferecerem feedbacks sobre os mais diversos contextos e trabalhos efetuados.

Consequentemente, vai estabelecer uma relação de confiança entre ambos, uma das características essenciais de equipes de alta performance.

Trabalhe com gestão de OKRs

Conforme vimos, existe a necessidade de a equipe contar com objetivos claros em relação às suas funções. As OKRs são um sistema de metas coletivas e individuais, cujo objetivo é convergir para as metas globais de uma organização.

Quais são as suas principais diferenças para as metas tradicionais? Primeiro, os ciclos são mais curtos. Normalmente, as empresas definem esses ciclos em 3 ou 4 meses, de acordo com as suas particularidades e necessidades. Além disso, são mais transparentes, uma vez que as OKRs dos profissionais são públicas para a empresa. São, ainda, mais flexíveis, pois são definidas de forma mais descentralizada, dando voz às equipes e aos seus membros.

Além de todos esses motivos já apresentados, por que elas contribuem para uma equipe de alta performance? Justamente por permitir aos colaboradores terem objetivos bem definidos.

Em uma anatomia de OKRs, temos objectives e key-results. No caso dos objetivos, é preciso que eles sejam qualitativos para não gerarem conflitos com as key-results. Devem ser, ainda, aspiracionais: quanto mais memoráveis, melhor. Quanto às key-results, são métricas e entregáveis claros que identificarão se fomos ou não bem-sucedidos quanto ao objetivo.

Dessa forma, as OKRs proporcionarão um maior foco aos profissionais, uma vez que priorizam os resultados que são mais importantes em determinado período. Além disso, contribui para o alinhamento de expectativas, e também permite uma maior motivação das pessoas envolvidas.

Alinhe prioridades

Novamente, voltamos ao alinhamento de expectativas. Como vimos, é uma das características principais das equipes de alta performance. Muitas vezes, o profissional está destinando parte de suas atividades para algo que, nem sempre, é o ideal para aquele período.

Por essa razão, o indicado é que as lideranças, semanalmente, faça um check das prioridades de seus liderados e lideradas. Dessa forma, há a possibilidade de oferecer feedbacks quando identificar que o foco do colaborador não está adequado para aquele momento, o que contribui para uma comunicação mais clara entre gestão e equipe, além de trazer maior engajamento para as demandas exercidas.

Faça Pesquisa de Clima Organizacional

Como vimos, o clima positivo é um dos fatores essenciais em equipes de alta performance. Mas como identificá-lo? Por meio da Pesquisa de Clima Organizacional. Trata-se de uma pesquisa que a empresa manda para uma amostra de pessoas ou para 100% de seus colaboradores e colaboradoras, com afirmativas que devem ser avaliadas pelas equipes.

Assim, há a possibilidade de entender a percepção dos profissionais sobre os mais diversos pontos, como:

  • remuneração e benefícios;
  • oportunidades de crescimento profissional;
  • equipamentos de trabalho;
  • lideranças;
  • trabalhos em time; entre outros.

Consequentemente, há a possibilidade de:

  • gerar mudanças no clima organizacional, sempre que identificada essa oportunidade;
  • entender as mudanças elaboradas pelos times promoveram resultados palpáveis de negócio.

Utilize uma ferramenta de gestão de desempenho

Por fim, é essencial que as empresas procurem as melhores soluções de ferramentas de gestão de desempenho do mercado para que possam desenvolver suas equipes de alta performance. Por meio dessas soluções, existe a possibilidade de:

  • rodar ciclos de avaliação de desempenho de forma prática e ágil, diminuindo o trabalho manual das equipes de Recursos Humanos;
  • realiar a gestão de metas e OKRs, possibilitando uma melhor organização e acompanhamento das metas de toda a empresa;
  • criar uma cultura de dar e receber feedbacks construtivos;
  • enviar elogios para profissionais que se destacarem durante o período, ajudando os colaboradores a se sentirem reconhecidos;
  • gerar mais alinhamento entre líder, liderados e lideradas em uma ferramenta de 1:1 que possibilita uma melhor gestão de informações; entre outros.

Neste material, você pôde entender o que é uma equipe de alta performance, as características de uma, além de dicas práticas de como desenvolvê-la. Hoje, gerar diferencial competitivo nas organizações é um dos grandes desafios da gestão. Nesse sentido, é essencial preocupar-se com os seus colaboradores, o modo como eles estão se sentindo, além de as lideranças contribuírem continuamente para o seu desenvolvimento.

Se tiver interesse em conhecer um pouco mais sobre a plataforma de gestão de desempenho, entre em contato com a gente, converse com nossos profissionais e saiba mais!