fbpx

O que é o fit cultural e como ele contribui para a retenção de talentos?

Renan Araújo

fit-cultural

Você sabe o que é fit cultural e a importância que esse entendimento tem para o processo de recrutamento e seleção? Primeiro, temos que levar em consideração que as empresas estão lidando com uma geração mais autodidata. Ou seja, há um acesso cada vez maior às informações. Antes, as contratações priorizavam o conhecimento técnico. Porém, hoje o aprendizado é on-the-job —  isto é, jovens conseguem absorvê-lo de maneira mais rápida e sob demanda.

Nesse sentido, a cultura se torna uma importante peça para o sucesso das empresas. Por meio dela, há um maior apoio à estratégia da organização, além de dar sustentação ao negócio a longo prazo.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você saiba o que é fit cultural, qual é a importância de se investir no tema, além de conferir exemplos de perguntas que podem ser incluídas em uma entrevista como essa. Continue a leitura e saiba mais!

O que é o fit cultural?

Quando nos referimos ao fit cultural, estamos ressaltando sobre o alinhamento entre os valores de uma pessoa com aqueles inseridos na empresa. Ou seja, a cultura organizacional. Mas o que de fato significam os valores? De acordo com o dicionário Cambridge, pode ser definido como “Principles or standards of behavior; one’s judgement of what is important in life”. Em tradução livre, trata-se de “princípios ou padrões de comportamento; o julgamento de alguém sobre o que é importante na vida”.

Nesse sentido, podemos definir que os valores são crenças, fundamentos e princípios tidos como verdade por um grupo. São eles que vão determinar a maneira como as pessoas pensam, se sentem e agem. Sendo assim, destacamos que uma empresa, em si, não tem valores. As pessoas inseridas nela que os têm.

No caso de uma organização, os valores compartilhados são, muitas vezes, aqueles que se desenvolvem a partir dos mais influentes (fundadores, CEO etc.). À medida que a empresa cresce, é preciso que esses valores originais sejam inseridos no grupo —  aí entra a importância do fit cultural no processo de recrutamento e seleção.

Quando há a preocupação com esse conceito no momento de contratar, vai colocar para dentro da empresa pessoas e talentos que serão capazes de reforçar esses valores e comportamentos. Consequentemente, tendem a aprender melhor questões técnicas da função que estiver ocupando.

Qual a importância do fit cultural em um processo de recrutamento e seleção?

A seguir, selecionamos alguns pontos que reforçam sobre a importância do fit cultural em um processo de recrutamento e seleção.

Maior efetividade para as contratações

A primeira delas está relacionada a uma maior efetividade das contratações. Hoje, encontrar talentos que sejam qualificados para a vaga e que se alinham aos valores do negócio é um desafio para profissionais de Recursos Humanos.

Afinal, é uma estratégia de se tomar decisões baseadas em dados antes mesmo de contratar o colaborador. Por meio dos resultados do teste de fit cultural, analistas terão a oportunidade de verificar características importantes da pessoa, e entender como elas se alinham ao contexto da organização, às perspectivas de crescimento, entre outros pontos relevantes. 

Redução da taxa de turnover

Consequentemente, há uma redução da taxa de turnover. Entre os impactos observados desse índice estar elevado na organização, destacamos:

  • danos ao clima organizacional da empresa;
  • riscos de haver insatisfação por parte dos clientes;
  • gastos elevados com demissão e contratação de novos profissionais;
  • dificuldade de encontrar talentos para suprir a demanda da empresa;
  • perda de capital humano e intelectual.

Por meio da preocupação com o fit cultural do candidato, naturalmente vai haver a contratação de pessoas que se encaixam melhor na cultura da empresa, contribuindo para que ela permaneça no negócio por mais tempo —  justamente por se identificar com a proposta disseminada.

Melhorias para o clima organizacional

Por falar em clima organizacional, destacamos que o fit cultural impacta diretamente nesse sentido. Trata-se da percepção que as pessoas têm em relação às políticas e práticas da empresa sobre os mais variados pontos (remuneração e benefícios, oportunidades de crescimento profissional, equipamentos de trabalho, trabalho em equipe, liderança direta etc.).

Entre os pontos que influenciam no clima, relacionamentos interpessoais se destacam. De acordo com uma pesquisa realizada pela Gallup, relacionamentos com gestores são responsáveis por até 75% das demissões em um time, comprovando o impacto que isso traz no dia a dia da organização.

Ao trazer pessoas alinhadas com os valores da empresa, consequentemente terão valores que se alinham entre si. Logo, vai haver uma sinergia nas relações, de modo que toda a empresa trabalhe com um mesmo propósito.

Quais são os passos para definir o fit cultural da empresa?

A seguir, confira os principais passos para a definição do fit cultural da empresa.

Atributos da organização

Inicialmente, é preciso analisar quais são os atuais atributos e valores da organização. Entre os pontos que podem ser avaliados, destacamos:

  • como as lideranças refletem os comportamentos desejados pela empresa;
  • como é o processo de tomada de decisão do negócio (mais centralizado ou que envolve todas as pessoas para a definição de metas e objetivos – com o uso de OKRs, por exemplo);
  • avaliar a comunicação entre as equipes;
  • entender se o negócio é aberto à inovação; entre outros tópicos relevantes.

Cultura organizacional sólida

Além disso, é preciso que a empresa tenha uma cultura organizacional sólida, com os valores que deseja alcançar bem definidos. É necessário, ainda, que tenha um código de cultura documentado, de forma que todas as pessoas tenham acesso a essas informações. Não há um formato ideal para essa documentação, vai depender do estilo da empresa e do que acredita ser mais efetivo para a equipe. Porém, é indicado que contenha:

  • qual é a missão, visão e valores da empresa;
  • como a empresa acredita que é possível trabalhar e aplicar os valores no dia a dia;
  • quais são os rituais de cultura da empresa;
  • quais são as demais crenças do negócio.

Aplicação no processo seletivo

Por fim, é preciso aplicar o fit cultural no processo seletivo. Na página de carreiras de seu negócio, faça uma breve apresentação dos pontos considerados fundamentais, explique como é a empresa e o que espera do candidato. Por essa razão, é essencial que a descrição da vaga seja completa, trazendo as soft skills necessárias, além das habilidades e competências desejadas pela pessoa.

Como fazer a análise do fit cultural do candidato?

Para que faça uma escolha efetiva dos candidatos com base no fit cultural, selecionamos algumas dicas que podem ser seguidas pela sua equipe de recrutamento. Confira!

Aproveite ao máximo a entrevista com o candidato

Primeiro, é preciso que os recrutadores tenham um amplo conhecimento sobre a cultura da empresa. Assim, há a possibilidade de orientar a conversa com base nas características que melhor se encaixam na realidade do negócio.

Entenda: caso a sua organização considere essencial que a pessoa tenha autonomia no dia a dia, direcione o diálogo para verificar em quais situações aquela pessoa pôde exercer a autonomia, como ela lida em um ambiente como esse, quais são as dificuldades encontradas por ela caso trabalhe em um lugar que priorize a autonomia dos profissionais, entre outros pontos.

Nesse sentido, não há perguntas certas ou erradas. Vai depender do que você busca para a empresa e das características daquele time em específico.

Faça testes com perguntas situacionais

Ao fazer perguntas situacionais ao candidato, a resposta precisará ser elaborada. Ou seja, muito mais do que apenas proferir um “sim” ou um “não”. Novamente, direcione essas perguntas para a realidade do seu negócio e para verificar se existem características consideradas importantes para que uma pessoa faça parte da equipe.

Entre os questionamentos que podem ser feitos, destacamos:

  • você prefere trabalhar sozinho ou em equipe? Por que?;
  • Imagine que você está muito ocupado com uma demanda urgente, mas um colega pede uma ajuda. Qual é a sua reação?;
  • Como você lida com diferentes personalidades em distintos ambientes? E no âmbito profissional?;
  • Como você gosta de se comunicar com os colegas de trabalho?;
  • Nos diga um momento em que você não ficou satisfeito com o trabalho feito por você. Por que?;
  • Como você lida com feedbacks construtivos?;
  • Conte um momento que você foi demandado para algo que não sabia fazer. Como você lidou com esse desafio? Quais foram os resultados disso?.

Faça dinâmicas de grupo

Algo que vai além das entrevistas e que também possibilita uma análise mais precisa sobre o fit cultural do candidato são as dinâmicas de grupo.

Por meio delas, existe a oportunidade de entender como a pessoa vai se comportar em diferentes situações, como é o trabalho em equipe desse candidato, além de ter a possibilidade de analisar como eles lidam uns com os outros, pois vai estar presente mais de uma pessoa no processo (é possível analisar, até mesmo, como é a aceitação da diversidade).

Analise o histórico do profissional

Por fim, a equipe de recrutamento e seleção também pode avaliar o histórico do candidato. Caso tenha trabalhado em organizações cuja cultura é semelhante à do seu negócio, é um sinal de que ele se alinha com esses valores. Por isso, não deixe de conversar com lideranças anteriores, uma vez que é mais uma possibilidade de identificar características importantes da pessoa.

Neste material, você pôde entender o que é o fit cultural, a sua importância, além de conferir dicas de como avaliar o fit cultural do candidato. Conforme observado, o recrutamento é um processo de suma importância para a empresa, pois vai contribuir para trazer ao negócio pessoas que se alinham aos valores e que vão trabalhar em conjunto com a equipe para alcançar os objetivos pretendidos.

Ao longo de sua jornada na empresa, é essencial entender algumas práticas de gestão de desempenho que auxiliarão para a retenção desse talento. Para saber mais, continue no blog e boa leitura!