fbpx

Pesquisa de clima e segurança psicológica: entenda a relação

Renan Araújo

pesquisa-de-clima-e-seguranca-psicologica

Pesquisa de clima organizacional e segurança psicológica: neste material, vamos explicar a relação existente entre eles e como é possível trazer melhorias para a sua empresa. Discussão válida especialmente no mês em que se discute sobre saúde mental (Setembro Amarelo) — e este é mais um material da nossa série de conteúdos sobre o tema.

Porém, como mencionamos em outros conteúdos, não deve ser restrita a esse período, mas uma preocupação para todo o ano. A seguir, saiba mais sobre o assunto.

Quais são os aspectos da segurança psicológica?

Inicialmente, é importante entendermos sobre os aspectos da segurança psicológica para as empresas:

  • segurança para se expressar — as pessoas precisam se sentir à vontade para se expressar, para trazer novas ideias para as suas funções e para discordar com boas argumentações quando for necessário, mesmo que seja de suas lideranças;
  • segurança para interagir — profissionais precisam se sentir confortáveis para pedir ajuda, para terem conversas difíceis, darem e receberem e feedbacks;
  • segurança para aprender — as pessoas não podem ter medo de errar e de aprender com os próprios erros (inclusive, isso contribuirá para ainda melhores resultados);
  • segurança para pertencer — as pessoas precisam se sentir parte de um grupo, independentemente de sua crença, identidade de gênero, orientação sexual, raça etc.

Estudos sobre o tema

De acordo com um estudo conduzido pela Gallup, quando há o investimento em segurança psicológica nas empresas, elas podem obter uma redução de 27% em rotatividade, 40% nos incidentes de segurança, além de 12% na produtividade.

No Projeto Aristóteles, do Google, um mix de estudos revelou o que os times de alta performance tinham em comum — e a segurança psicológica estava entre os tópicos: “os membros se sentiam confortáveis em discordar uns dos outros e tomar riscos interpessoais, ou seja, defenderem seus pontos e convencerem seus colegas de que estão certos. Ninguém tinha muito medo de ser percebido como ignorante, incompetente, negativo ou chato caso discordassem ou tomassem riscos e errassem”.

Já a pesquisa de Amy Edmondson revela que a segurança psicológica traz melhorias na qualidade, no comportamento de aprendizagem e na produtividade.

Qual a relação entre segurança psicológica e pesquisa de clima organizacional?

Para entendermos essa relação, vamos em partes. Clima organizacional é a percepção que as pessoas têm em relação às políticas, práticas e processos do negócio. A pesquisa de clima, então, é uma pesquisa enviada para times inteiros ou parte dos times para identificar qual é essa percepção em relação aos mais diversos aspectos da experiência.

Nesse sentido, a pesquisa de clima é dividida em dimensões (ou temas). Em cada um desses temas há uma série de afirmativas avaliadas numa escala chamada Likert de 5 pontos, que vai de “Discordo Totalmente” a “Concordo totalmente”.

E a segurança psicológica do time pode ser uma das dimensões utilizadas pela empresa na pesquisa. Assim, há a oportunidade de identificar se a empresa manda bem ou se precisa elaborar um plano de ação para o tema, de modo que a organização como um todo usufrua de melhorias nesse sentido.

Exemplos de perguntas que podem ser utilizadas nessa dimensão:

  • Na minha equipe, me sinto seguro para propor ideias e correr riscos necessários para inovar, sem que isso afete minha carreira.
  • Na minha equipe, é seguro abordar problemas e assuntos complexos.
  • Na minha equipe, nos sentimos à vontade para ter opiniões destoantes da maioria.

Agora que você já sabe qual é a relação entre segurança psicológica e a pesquisa de clima e deseja se aperfeiçoar sobre o tema de pesquisas, continue no blog e acompanhe um material completo que elaboramos sobre o assunto!