fbpx

RH digital: saiba como transformar o seu setor!

Renan Araújo

rh-digital

Hoje, grande parte das empresas tem passado pela transformação digital, em todos os seus setores. Por essa razão, equipes buscam continuamente por tecnologias para inserirem em suas áreas. Ao contrário do que muita gente pensa, não é necessário ferramentas robustas, inteligência artificial e nem mesmo computação quântica – o que importa, nesse contexto, é que profissionais possam interagir com produtos ou serviços de forma digital, seja por meio do celular, seja por meio do computador. Nesse sentido, o RH digital se destaca.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você confira um pouco mais sobre o significado desse conceito, entenda sobre a evolução do RH em diferentes aspectos, além de conferir qual é a importância do RH digital para a organização. Continue a leitura e saiba mais!

Entenda o que é o RH digital

Nos últimos anos, a área de Recursos Humanos tem se tornado muito mais estratégica para as empresas, visando destravar potenciais humanos para que o negócio obtenha melhores resultados. Porém, para que alcance esse patamar, existe a necessidade de automatizar processos do setor, além de utilizar ferramentas que contribuam para acompanhar o desenvolvimento dos colaboradores.

Por meio dessas estratégias, trabalho que antes era feito de forma manual, hoje pode ser concluído em poucos passos. Consequentemente, há uma otimização de tempo por parte dos analistas, que têm oportunidades de associar os objetivos da área aos objetivos da empresa, além de avaliar indicadores importantes para o crescimento da organização.

O RH digital surge justamente para suprir com essas necessidades: com a revolução tecnológica proporcionada pela internet, há a possibilidade de economizar tempo, recursos, além de acompanhar de forma próxima o desenvolvimento da empresa como um todo.

Saiba como foi a evolução do RH

A seguir, entenda um pouco sobre a evolução do RH.

RH 1.0

Inicialmente, o RH tinha como função apenas evitar problemas trabalhistas para as empresas, sendo um setor considerado essencial com a revolução industrial. Nesse sentido, a área não se preocupava em entender qual era a opinião das pessoas em relação às decisões tomadas pelas empresas e também não estava atenta em melhorar as condições de trabalho.

RH 2.0

Porém, houve a percepção de que era preciso se preocupar com aspectos que iam além da contratação e demissão de profissionais. Além disso, tornava-se necessário ter atenção quanto à saúde e segurança das pessoas de um time e também introduzir benefícios aos profissionais – bem como promoções, baseadas especificamente na expertise do colaborador.

RH 3.0

Com o passar do tempo e com o surgimento de ferramentas que auxiliassem o trabalho dos Recursos Humanos, a área de RH começou a se digitalizar, além de se preocupar também com a gestão de talentos da empresa.

Nesse cenário, softwares de recrutamento e seleção, de gestão de desempenho e de otimização de questões burocráticas (controle de holerites, por exemplo), contribuíram para que a área começasse a ganhar contornos mais estratégicos.

Além disso, houve a preocupação de analisar métricas importantes de desenvolvimento e de investimento em pessoas, surgindo indicadores de performance, além do People Analytics.

RH 4.0

A postura estratégica que começou a ser formulada anteriormente ganhou ainda mais notoriedade com o RH 4.0. Algumas atividades são completamente substituídas por automação, além de haver uma gestão mais robusta de capital humano.

Qual a importância do RH digital para a empresa?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o que é o RH digital e como foi a evolução para chegar até aqui, vamos explicar sobre a sua importância para o negócio. Confira!

Melhora a rotina da área

Conforme mencionamos, grande parte das ferramentas utilizadas contribuem para que o setor se torne mais estratégico, justamente pela automatização de tarefas manuais. As atividades da rotina essenciais para o andamento do negócio e para estar em dia com as obrigações trabalhistas, como controle de ponto, gestão da folha de pagamento e também a gestão de benefícios, são realizadas por ferramentas que otimizam o tempo da equipe.

Consequentemente, além de reduzir as chances de erros por parte do time, aumenta a eficiência do trabalho executado, bem como permite o levantamento de dados importantes para as estratégias do negócio.

Contribui para o recrutamento e seleção de talentos

Em uma empresa, o processo de recrutamento e seleção é primordial para atrair profissionais que tenham aptidão com a vaga, que tenham sinergia com os valores da empresa e se identifiquem com a cultura do negócio. Por essa razão, muito mais do que atrair volume de pessoas interessadas, é preciso acertar na escolha desses colaboradores.

Nesse sentido, as ferramentas possibilitam maior efetividade para essa etapa do trabalho, possibilitando uma divulgação mais eficaz, realizando a triagem de currículos de forma simplificada, além de permitir entrevistas realizadas de forma remota — essenciais em períodos em que o home office e o trabalho híbrido ganham destaque.

Mais produtividade

Todos os pontos mencionados acima contribuem para uma maior produtividade da equipe, uma vez que, com a automatização das tarefas, o foco será para questões mais estratégicas. Consequentemente, vai haver redução de custos, especialmente pela oportunidade de reduzir contratempos comuns ocasionados por trabalhos manuais, bem como no incentivo aos profissionais de buscarem continuamente por inovação em suas funções.

Conheça os  componentes do RH digital

A seguir, selecionamos alguns dos principais componentes do RH digital. Confira!

Ferramentas de automação

Conforme mencionamos, as ferramentas de automação ganham relevância para que as equipes sejam mais estratégicas. Por meio desses sistemas, há a oportunidade de integrar as informações importantes do setor, além de tornar o acesso aos principais tópicos da área de forma prática e flexível — contribuindo para que as pessoas possam verificar esses dados de onde quer que esteja, questão essencial para o trabalho remoto e também para as lideranças.

Entre as tarefas que o time tem a possibilidade de automatizar por meio de um software de RH, destacamos:

  • gestão de benefícios de toda a empresa;
  • controle de férias dos profissionais;
  • folhas de pagamento;
  • emissão de holerites, que podem ser encaminhados de forma automática; entre outros.

Por meio dessas soluções, existe a possibilidade de eliminar planilhas e gerenciar profissionais por meio de uma única plataforma, contribuindo para que os cálculos sejam automatizados, além de organizar as obrigações trabalhistas em um mesmo espaço — naturalmente, evita problemas trabalhistas.

Análise de dados

Hoje, a empresa que não utiliza dados para as tomadas de decisão certamente fica para trás de seus concorrentes. Por meio da estratégia de People Analytics, há a oportunidade de coletar dados de diferentes fontes, analisar essa coleta, efetuar cálculos e cruzar essas informações para estabelecer estratégias que contribuam para uma melhor performance de toda a equipe.

Consequentemente, existe a possibilidade de entender pontos defasados das empresas por meio de pesquisas, de entender quais são os gargalos que impedem que os colaboradores sejam mais produtivos e engajados, de traçar ações que contribuam para a retenção dos high performers em uma organização, além de preocupar-se de forma contínua no desenvolvimento de talentos.

Até mesmo a gestão de benefícios conta com vantagens com a análise de dados, uma vez que os Recursos Humanos podem avaliar se os diferenciais oferecidos aos seus profissionais atendem às suas necessidades, além de alinhar expectativas para contar com maior motivação por parte do time.

Outras vantagens observadas pelo uso do People Analytics pela área de RH:

  • oferecer para as lideranças um maior conhecimento sobre liderados e lideradas, contribuindo para a retenção dos principais talentos;
  • maior aproveitamento da equipe de RH como um todo, o que possibilita que a área se torne constantemente mais estratégica;
  • possibilidade de analisar todas as ações implementadas pela empresa e avaliar o que vem dando certo e o que precisa ser aperfeiçoado;
  • redução de custos.

Entenda como uma ferramenta de gestão de desempenho pode ser incorporada no RH digital

Contar com uma ferramenta de gestão de desempenho traz muitos ganhos para a equipe. Além de automatizar as atividades do setor, a área de RH precisa também buscar por alternativas que contribuam para destravar o potencial humano de seu time. A partir da melhoria do desempenho dos profissionais, consequentemente há uma melhoria do desempenho da organização.

Entre as possibilidades que um software de gestão de desempenho traz, destacamos:

  • rodar ciclos de avaliação de desempenho a partir de um sistema inteligente;
  • organizar e acompanhar as metas da empresa regularmente, além de possibilitar que toda a equipe entenda como as suas metas individuais convergem para as metas globais do negócio;
  • criar uma cultura de dar e receber feedbacks contínuos para os profissionais do negócio;
  • ajudar colaboradores a se sentirem reconhecidos pelas suas conquistas;
  • gerar mais alinhamento entre líderes, liderados e lideradas por meio das one-on-ones;
  • ajudar profissionais a crescerem no ritmo da empresa;
  • acompanhar, de forma detalhada, qual é a percepção dos colaboradores em relação à empresa;
  • cruzar dados para implementar melhorias nas tomadas de decisão.

Neste material, você pôde entender o que é o RH digital, quais são seus componentes, além de conferir como uma ferramenta de gestão de desempenho contribui nesse sentido. Conforme abordamos, é essencial que o setor se torne mais estratégico e busque por alternativas que tragam melhorias para a organização como um todo.

Como forma de auxiliar a área nesse processo, continue no blog e confira algumas boas alternativas de software para RH.