Qulture.Rocks se junta ao UOL EdTech. Saiba mais

Beta-estar: saiba mais sobre esse novo conceito!

Renan Araújo

Beta-estar – pessoa sentada no chão de costas

Investir em beta-estar significa que o seu time vai testar o que realmente funciona para a empresa e o que a organização espera nesse sentido. Estratégias devem ser adaptadas à realidade de cada negócio para garantir a motivação e a qualidade de vida no trabalho.

Que as empresas precisam investir em bem-estar corporativo a gente já sabe. Especialmente no último ano, as organizações enfrentaram alguns desafios relacionados à pandemia da Covid-19, uma vez que o trabalho remoto e o isolamento social influenciaram bastante o modo como as pessoas trabalhavam. Ou seja, implementar essa discussão no dia a dia da organização se transformou em uma necessidade ainda maior por parte dos Recursos Humanos.

Definir bem-estar não é uma tarefa fácil. Justamente por isso, o conceito vem sendo moldado ao longo dos anos. As estratégias para o bem-estar de uma equipe de uma empresa de tecnologia, por exemplo, são distintas de uma equipe de uma indústria.

Por essa razão, entender o DNA de seu negócio e adaptar as ações é o que deve ser priorizado. Daí surgiu o termo beta-estar. Entenda mais neste conteúdo!

Navegue pelo conteúdo:

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Importância do bem-estar nas empresas

Primeiro, é importante entendermos sobre a importância do bem-estar nas empresas. De acordo com um estudo da consultoria Robert Half, cerca de 20% dos colaboradores e colaboradoras se sentem desanimados(as) devido ao clima organizacional do negócio — abordaremos sobre isso mais adiante.

Quando há a preocupação com essa questão na empresa, vai haver mais alinhamento das equipes com a política interna do negócio, além de melhorar as relações interpessoais como um todo. Consequentemente, há um aumento da confiança entre equipes e lideranças, o que contribui para ter mais produtividade e mais motivação para o trabalho.

Todos esses pontos influenciam, inclusive, nos resultados financeiros da organização. Afinal, vai haver a redução do turnover. Consequentemente, reduzirá gastos com:

  • questões burocráticas, como rescisão, multas, entre outros;
  • custos com a contratação para o preenchimento das vagas, desde o anúncio até a necessidade de contar com headhunters;
  • custos com a seleção de candidatos, desde o gasto do tempo dos entrevistadores até consultorias de seleção;
  • custos que se relacionam com o treinamento das pessoas contratadas, entre outros.

Beta-estar: um novo desafio para os Recursos Humanos

Porém, uma estratégia para aprimorar o bem-estar da equipe não deve apenas ser replicada em seu negócio. É preciso pensar na realidade da organização, nas necessidades de colaboradores e colaboradoras, além de ouvir as pessoas da equipe para entender o que de fato é considerado bem-estar para o time.

Trata-se do conceito de beta-estar. Investir em beta-estar significa que o seu time vai testar o que realmente funciona para a empresa e o que a organização espera nesse sentido. Estratégias devem ser adaptadas à realidade de cada negócio para garantir a motivação e a qualidade de vida no trabalho.

Banner Ebook Talent Science

Esse é um exercício mais complexo. Por essa razão, a empresa não pode ter medo de tentar. Pelo contrário. Não existe o que é certo e o que é errado nas estratégias que envolvem bem-estar de um time: vai depender da realidade de cada organização.

Evolução do conceito de bem-estar

O conceito de beta-estar é justamente mais uma evolução do que o bem-estar representa no dia a dia das pessoas. Ele foi se modificando ao longo dos anos, de acordo com as necessidades da sociedade. No século 17, por exemplo, a expressão estava ligada apenas à saúde física. Ou seja, você usufruía de bem-estar quando era alguém saudável.

Já no século 18, questões materiais foram agregadas como alguns dos fatores que eventualmente poderiam impactar a saúde. Hoje, está relacionado à percepção da saúde nos aspectos emocional, mental, social, espiritual (e físico!).

Voz aos colaboradores e colaboradoras

Mas como entender o que é bem-estar para o seu time? Para isso, o ideal é que aplique a pesquisa de clima organizacional. Primeiro, vamos entender o que é o clima. Trata-se da percepção de profissionais em relação às políticas, práticas e processos do negócio. Quando o clima organizacional é positivo, consequentemente a percepção das pessoas é positiva.

Para entender este clima, é importante aplicar a pesquisa de clima. Trata-se de um questionário enviado para uma amostra ou para toda a empresa. Esse questionário é dividido em dimensões (ou temas). Uma dessas dimensões é justamente o bem-estar na empresa.

Entre as perguntas que podem ser aplicadas, destacamos:

  • A empresa promove o bem-estar dos colaboradores.
  • A empresa estimula o equilíbrio entre vida pessoal e profissional.
  • A empresa promove ações voltadas para a qualidade de vida de seus funcionários.
  • Meu ambiente de trabalho permite que eu tenha uma boa qualidade de vida.

A resposta será dada em uma escala de Likert de 5 pontos, que vai de “discordo totalmente” a “concordo totalmente”. Se esse for um ponto de melhoria em sua organização, o próximo passo é estabelecer ações estratégicas e:

  • Analisar se essas ações impactaram o clima organizacional.
  • Entender quais foram os resultados para o negócio.

Neste conteúdo, você pôde entender o que é o conceito de beta-estar, qual a importância de as empresas elaborarem ações de bem-estar voltadas para a sua realidade, além de conferir como isso impacta nos resultados do negócio. Como abordamos, trata-se de um tema que conta com evoluções ao longo dos anos.

É preciso continuamente observar como isso pode afetar o seu negócio e entender qual é a percepção das pessoas em relação à organização — consequentemente, a taxa de turnover e de absenteísmo reduzem significativamente.

Recentemente, a startup Zenklub realizou a medição do índice de bem-estar nas empresas no Brasil — e esse número ficou bem abaixo do ideal. Se você deseja saber mais, continue no blog e acompanhe outro conteúdo que produzimos sobre o tema!