Qulture.Rocks se junta ao UOL EdTech. Saiba mais

Treinamento de liderança: saiba como estruturar na empresa

Qulture.Rocks

Liderança democrática - Mulher apontando para algumas anotações em um quadro branco

As lideranças têm um grande impacto no dia a dia e nos resultados das organizações. Com as mudanças provocadas pela pandemia da Covid-19, os processos, práticas e objetivos dessa posição se tornaram ainda mais complexos, exigindo um conjunto de habilidades técnicas e comportamentais dos líderes do negócio. Por essa razão, o investimento no treinamento e desenvolvimento das lideranças é estratégico para o diferencial competitivo de qualquer empresa.

Pensando nisso, há um conjunto de habilidades técnicas e comportamentais que são fundamentais para profissionais que ocupam, ou pretendem ocupar, uma posição de liderança. Dessa forma, os treinamentos para os líderes ou futuros líderes da organização focam nessas soft e hard skills para que esses profissionais estejam capacitados para ocupar esses cargos e impactem nos resultados do negócio.

Neste artigo, apresentamos a importância dos treinamentos de liderança e como estruturá-los na organização. Confira o conteúdo para conhecer essa estratégia mais a fundo!

Navegue pelo conteúdo:

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Qual a importância do treinamento de liderança?

As lideranças são peças-chave para a gestão de pessoas, é o que aponta a pesquisa Tendências para a Gestão de Pessoas, realizada pela GPTW com profissionais da área de recursos humanos e lideranças de empresas. 94,3% dos respondentes apontaram que a empresa em que trabalham pretende investir no desenvolvimento de lideranças.

A pesquisa também levantou quais são as habilidades e competências mais valorizadas nas lideranças. O foco nas pessoas continua sendo importante e a adaptação às mudanças também foi uma habilidade destacada. Confira, então, as características mais relevantes para pessoas que ocupam cargos de liderança:

  • alinhamento com a estratégia do negócio;
  • empatia e gestão humanizada;
  • resiliência e adaptação às mudanças;
  • conhecimento do negócio/produto/serviços.

Quais são os benefícios do treinamento de liderança?

O treinamento de liderança acelera a formação dos gestores da organização, desenvolvendo as habilidades e competências chave nos profissionais que ocupam ou estão sendo preparados para ocupar essa posição. Com gestores treinados e preparados para assumir os desafios, é possível melhorar o desempenho da equipe e os resultados do negócio.

Além dessas habilidades chave, também é possível identificar lacunas que estão impactando o desempenho dos líderes e a relação deles com os liderados para definir treinamentos mais específicos. Por exemplo, caso a área de recursos humanos identifique que existe uma dificuldade de alinhamento de metas das lideranças com suas equipes, é possível planejar um treinamento específico para desenvolver essa habilidade, como um treinamento de comunicação ou de desdobramento de metas.

Esse levantamento das habilidades que precisam ser desenvolvidas facilita o planejamento dos treinamentos e gera resultados mais efetivos para os desafios que as lideranças e o time vêm enfrentando. 

Por isso, investir na formação das lideranças é fundamental para o diferencial competitivo do negócio. Confira mais alguns benefícios que o investimento no treinamento de lideranças proporciona:

  • aumento da motivação dos gestores, com a percepção de que a empresa está investindo no seu desenvolvimento e potencial;
  • melhores resultados para o negócio, pois os líderes serão capazes de aumentar o desempenho do time visando as metas e objetivos da empresa;
  • colaboradores mais engajados e motivados, já que lideranças bem treinadas instigam e direcionam os liderados para o alcance dos objetivos;
  • troca de experiências entre as lideranças do negócio, que pode gerar insights para a resolução de desafios da empresa ou de uma área específica; 
  • comunicação interna mais eficiente, com processos bem alinhados e objetivos claros.

Você também pode gostar destes conteúdos:
👉 Autodesenvolvimento: saiba como promover na equipe
👉 Onboarding: entenda o que é, importância e dicas para elaborá-lo
👉 Como fazer um treinamento remoto? Aprenda aqui!

Quais são as habilidades importantes para um treinamento de liderança?

Já falamos da importância de mapear as demandas da empresa ou de cada uma das áreas para estruturar o treinamento de liderança. Por outro lado, também é importante desenvolver algumas soft e hard skills que são essenciais para qualquer pessoa que ocupa essa posição no negócio.

Banner Ebook Talent Science

A pesquisa da GPTW, que consultou líderes e profissionais de RH, levantou os temas que precisam de mais atenção e desenvolvimento em relação às lideranças. Os principais são:

  • gestão de pessoas;
  • gestão emocional;
  • diversidade e inclusão;
  • inovação;
  • gestão híbrida.

Como é possível observar, apesar das habilidades técnicas continuarem sendo valorizadas pelas empresas, as habilidades comportamentais têm ocupado uma posição de destaque. Essa tendência foi acelerada pelas mudanças provocadas pela pandemia da Covid-19, que evidenciou a importância de gerenciar pessoas, desafios e situações de crise.

Essas soft skills são essenciais para que os profissionais acompanhem as mudanças e o ritmo acelerado do mercado nos próximos anos, pois bons líderes precisam lidar com essas constantes mudanças sem deixar de lado as pessoas da equipe e a estratégia do negócio — e lidar com pessoas inclui gerenciar emoções e contribuir para uma cultura organizacional mais inovadora e inclusiva no negócio.

Como estruturar o treinamento de liderança?

Agora que você já entende a importância do treinamento de lideranças para a organização, saiba como estruturá-lo. Para isso, é fundamental mapear as demandas e necessidades da equipe e estruturar um conteúdo personalizado e que agregue valor aos profissionais. Conheça os principais pontos:

Defina o objetivo

Como já falamos, existem algumas soft skills que são essenciais para qualquer líder e que devem ser desenvolvidas nos profissionais que ocupam essa posição na organização. Por outro lado, também é importante mapear as necessidades do negócio e da equipe para estruturar um treinamento mais personalizado.

A pesquisa de clima pode ser uma aliada nessa etapa, pois apresenta a percepção dos colaboradores sobre processos, políticas e práticas da empresa. Como os líderes costumam exercer bastante influência no dia a dia do negócio, essa pesquisa pode fornecer informações sobre pontos que precisam ser melhorados.

Planeje o conteúdo que será apresentado

Uma vez definido o objetivo do treinamento, é o momento de estruturá-lo, definindo as pessoas colaboradoras envolvidas, o conteúdo que será apresentado, os recursos necessários, etc. É muito importante considerar os gaps que foram levantados para estruturar um conteúdo de valor que gere mudanças reais no dia a dia do negócio.

Nessa etapa é o momento de definir o formato do conteúdo e quais serão os materiais utilizados. O treinamento pode ser realizado in company por meio de workshops, com uma palestra de uma consultoria externa, em uma plataforma de educação corporativa online, etc. Ainda podem ser utilizados materiais complementares como e-books, vídeos, leituras recomendadas, dentre outros. Por isso, é válido investir em mais de um formato para dinamizar o treinamento e facilitar a compreensão dos líderes que estão sendo treinados.

Colete feedbacks

Após concluir o treinamento, é fundamental coletar feedbacks dos líderes que participaram para mapear pontos de melhoria no formato, no conteúdo e nos recursos utilizados. Os feedback também ajudam a entender se o treinamento de fato agregou valor para os participantes, impactando positivamente os processos e resultados da empresa ou da área.

Utilize uma plataforma de learning

Os treinamentos podem ser aplicados por pessoas colaboradoras que tenham experiência no tema abordado, porém, o planejamento desse processo pode ser um desafio para as empresas. No caso do treinamento de lideranças, em que as habilidades que vão ser desenvolvidas costumam ser mais complexas e específicas, esse processo se torna ainda mais desafiador.

A tendência da educação a distância, que também chegou à educação corporativa, fornece a possibilidade de se investir em uma plataforma de learning para o treinamento dos líderes. Essas plataformas oferecem conteúdos com especialistas em cada uma das áreas ou assuntos e uma interface intuitiva e interativa para os alunos, facilitando a execução da estratégia de treinamento da empresa.


Neste conteúdo, você pôde entender qual a importância de se investir no treinamento das lideranças e como implementar essa estratégia no negócio. Como vimos, existem habilidades essenciais para todas as lideranças, mas também é importante mapear as demandas e necessidades da empresa ou de cada uma de suas áreas.

Se você quiser saber mais sobre como investir em treinamento e desenvolvimento dos profissionais da empresa, confira o conteúdo completo que preparamos sobre orçamento para treinamento.