Qulture.Rocks se junta ao UOL EdTech. Saiba mais

Turnover voluntário: conheça as causas e saiba como reduzir na empresa

Qulture.Rocks

Turnover voluntário - Pessoa digitando em um notebook

O turnover voluntário ocorre quando o próprio colaborador ou colaboradora pede desligamento de seu negócio de forma voluntária. Os motivos que levam a esse tipo de turnover podem ser vários, como a insatisfação com o salário que ele recebe, a desmotivação com as funções de sua vaga ou até mesmo a necessidade de a pessoa enfrentar novos desafios, o que a leva a recorrer a outras organizações para suprir esse objetivo.

Neste material, a gente explica um pouco mais sobre o turnover voluntário e traz dicas de como é possível reduzi-lo. Entenda!

Navegue pelo conteúdo:

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

O que leva ao turnover voluntário?

Se a pessoa pediu desligamento e foi para outra empresa, é um sinal de que ela encontrou um melhor salário, não é verdade? Esse é um dos motivos, mas não o único. Entender as causas do turnover voluntário pode não ser assim tão óbvio. A seguir, selecionamos algumas das razões que levam a esse cenário. Confira!

Recrutamento e seleção falhos

Quando analisamos o turnover voluntário, precisamos entender a jornada do colaborador ou colaboradora como um todo. O processo de recrutamento e seleção, por exemplo, pode ser falho. Para se ter uma ideia, um levantamento feito em 2016 pela Endeavor destacou que a gestão de profissionais é o maior problema de administração para empresários e empresárias brasileiros(as). Inclusive, acertar na contratação é um dos principais desafios citados por essas pessoas.

Se o turnover voluntário for alto, é um sinal de que pode haver contratação sem fit cultural ou sem as habilidades e competências necessários para a vaga. Em relação às competências, elas podem ser desenvolvidas ao longo da execução das demandas. Porém, contratar uma pessoa sem fit é algo incorrigível. Ou a pessoa tem ou ela não tem os mesmos valores que o seu negócio. Por isso, essa etapa em um recrutamento é primordial para avaliar a pessoa candidata.

Clima organizacional negativo

Outro ponto que deve ser levado em consideração quando há um turnover voluntário alto é o clima organizacional. Trata-se da percepção de colaboradores e colaboradoras em relação às políticas, práticas e processos de um negócio. Se a percepção for negativa, consequentemente o clima organizacional é negativo.

Para você entender a quantas andas o clima de seu negócio, é importante aplicar a pesquisa de clima. Ela pode ser destinada para toda a empresa ou para uma amostra de pessoas. Suponhamos que o turnover voluntário da organização como um todo não é alto. Porém, do time de Tecnologia da Informação, sim. Nesse sentido, você tem a oportunidade de aplicar a pesquisa para essa equipe e analisar como está a percepção sobre os mais variados temas.

Banner Ebook Talent Science

Pode ser, por exemplo, falta de diversidade ou de oportunidades de liderança. Porém, a pesquisa por si só trará apenas um diagnóstico. O próximo passo é o de traçar planos de ação para atacar nos pontos identificados e analisar continuamente como essas estratégias surtiram efeito na empresa.

Pouco feedback e desenvolvimento

Feedback é o processo no qual uma pessoa contribui para que a outra possa se desenvolver a partir de suas próprias percepções, sejam negativas, sejam positivas. Se a sua empresa não se preocupa em fornecer feedbacks para colaboradores e colaboradoras, consequentemente não fornece uma oportunidade de desenvolvimento, nem mesmo reconhece quando algo positivo está sendo feito.

Reconhecimento, inclusive, é um dos principais drivers de engajamento de uma organização. Pesquisas apontam que grande parte das pessoas que pedem desligamento de um negócio é por falta de reconhecimento.

Um estudo feito pela Psycometrics, por exemplo, apontou que 52% de colaboradores e colaboradoras afirmaram que esse diferencial deve ser considerado pelas lideranças para aumentar a motivação do time. Ou seja, quando não há, dificilmente uma pessoa tem compatibilidade para continuar exercendo suas funções na empresa.

Como reduzir o turnover voluntário na empresa?

Algumas ações podem ser adotadas em sua organização para reduzir o turnover voluntário. Confira algumas das principais que selecionamos:

  • mais feedbacks e mais reconhecimento, uma vez que se tratam de um importante driver de engajamento;
  • elaboração de one-on-ones entre lideranças, liderados e lideradas. Esse tipo de ação contribui para que haja um borbulhamento de informações de baixo para cima, de modo que a gestão possa tomar medidas proativas em vez de reativas;
  • contar com uma política de cargos e salários e revê-la de forma contínua, uma vez que é importante que a sua empresa ofereça uma remuneração competitiva e adequada ao que o mercado oferece;
  • realizar entrevistas de desligamento para entender os motivos que levam um colaborador ou colaboradora pedir desligamento e ir para outra organização;
  • realizar relatórios por meio das entrevistas de desligamento e aplicar estratégias com base no retorno obtido por esses momentos;
  • manutenção de uma cultura organizacional sólida;
  • contratação de profissionais que se adequam com o propósito e com os valores da empresa;
  • preocupação com o clima organizacional do negócio, realizando pesquisas periódicas e aplicando ações com base no diagnóstico fornecido por elas;
  • desenvolver treinamentos e capacitações para as pessoas de sua equipe;
  • entender a percepção de profissionais em relação às lideranças e elaborar planos de ação com base nos resultados obtidos;
  • revisar o processo de contratação de colaboradores e entender se ele está adequado para trazer pessoas que tenham compatibilidade com o fit cultural.

Neste conteúdo, você pôde entender um pouco mais sobre o turnover voluntário, suas causas e estratégias para reduzi-lo. Como vimos, a percepção das pessoas em relação aos mais diferentes aspectos de sua experiência contam bastante no momento de pedir um desligamento.

Nesse sentido, é essencial que a sua empresa analise como eles estão se sentindo e entenda os motivos que levam a um colaborador ou colaboradora solicitar a demissão. Assim, as estratégias podem ser adotadas com base no que não vem dando muito certo em seu negócio, de modo que menos colaboradores e colaboradoras se interessem em sair da empresa.

Ao longo do material, mencionamos bastante sobre o clima organizacional da empresa e como ele afeta nas taxas de turnover. Se você deseja saber um pouco mais sobre o tema, é só continuar no blog e acompanhar um conteúdo completo que elaboramos sobre o assunto.