Qulture.Rocks se junta ao UOL EdTech. Saiba mais

Turnover ideal: entenda o que é e os benefícios para a empresa

Qulture.Rocks

Turnover ideal - Post-it com o desenho de uma lâmpada

O turnover não costuma ser visto como um indicador positivo para a empresa, pois está relacionado à saída de profissionais do negócio. Mas você sabia que existe um índice de turnover ideal que pode ser vantajoso para o negócio?

Manter um turnover controlado pode ser benéfico para que a equipe se mantenha renovada e os colaboradores engajados. A taxa de turnover ideal pode variar de acordo com a realidade de cada organização e precisa ser gerenciada e monitorada continuamente.

Para entender esse conceito, seus benefícios para o negócio e como gerenciá-lo na sua empresa, continue a leitura e saiba mais!

Navegue pelo conteúdo:

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

O que é turnover ideal?

O turnover é um dos principais indicadores utilizados para medir a retenção de talentos em uma organização. Dessa forma, quando esse indicador está elevado, é um sinal de que a satisfação dos colaboradores no trabalho está comprometida. Isso pode ocorrer por diversos motivos, desde a contratação de profissionais sem fit cultural até melhores oportunidades salariais no mercado.

Por isso, o turnover costuma ser associado com problemas na organização, mas quando esse índice se mantém em valores baixos pode ser benéfico para o negócio. Existem situações, por exemplo, em que a saída de um colaborador é inevitável, como uma mudança de cidade. Ou seja, mesmo se as estratégias de retenção de talentos da organização forem eficientes, dificilmente o turnover estará zerado — e isso não é um problema.

O turnover baixo também pode ser um indicador de que os profissionais desalinhados com a cultura da organização estão deixando a empresa, abrindo oportunidades para a contratação de novos talentos e mantendo o time renovado. Profissionais sem fit cultural comprometem o clima organizacional e, ainda que a saída deles impacte negativamente o turnover, pode ser vantajosa para a equipe e a cultura do negócio.

  • Caso você ainda não saiba como medir o turnover em sua empresa, confira o nosso artigo “Cálculo do turnover” para saber como calcular esse índice com precisão.

Qual o valor ideal para o turnover?

Agora que você já sabe o que é o turnover ideal, deve estar se perguntando qual é o melhor valor para esse indicador (e a resposta é depende). No geral, uma taxa de turnover de até 10% ao ano é considerada boa e possibilita que haja renovação na equipe. 

Contudo, é fundamental que as lideranças e o time de gestão de pessoas façam uma análise crítica desse indicador, considerando a realidade e as estratégias de retenção de talentos do negócio. Com uma observação mais criteriosa é possível identificar, por exemplo, se alguma área está com uma rotatividade mais alta do que as demais.

Banner Ebook Talent Science

Assim, é possível entender o efeito prático do turnover para a empresa — se ele está ideal ou prejudicial — e definir estratégias mais customizadas para a retenção dos talentos.

Quais os benefícios do turnover ideal?

Agora, vamos entender um pouco mais sobre as vantagens que um índice de turnover ideal proporciona para as empresas. É importante destacar que não estamos falando aqui de um turnover alto, mas sim de um índice baixo o suficiente para não comprometer os resultados do negócio.

Mantém o time renovado

A alta rotatividade de colaboradores é um grande problema para as empresas, mas quando se mantém baixa é um indicador de que o time está se renovando. Em um momento em que a inovação é um dos principais diferenciais competitivos para qualquer negócio, manter uma taxa de turnover ideal pode impulsionar a entrada de novos talentos e ideias na organização.

Por outro lado, uma taxa de turnover próxima de zero, em que não há rotatividade na equipe, pode indicar que não há a renovação de ideias, propostas e visões no time. Isso não quer dizer que o RH tenha que demitir colaboradores simplesmente para fomentar a cultura de inovação, mas que saídas e entradas pontuais de profissionais podem oxigenar a empresa.

Fortalece a cultura organizacional

A cultura organizacional é um dos ativos mais importantes de um negócio, pois fundamenta os processos e práticas do dia a dia. Por essa razão, manter um profissional que não tem fit cultural — ainda que entregue bons resultados — é prejudicial para o clima organizacional da empresa.

O turnover ideal passa a ser um indicador de que os profissionais desalinhados estão deixando o negócio, abrindo espaço para que novos talentos façam parte do time. Além disso, novas pessoas agregam novas perspectivas e pontos de vista, contribuindo para que a cultura se torne cada vez mais completa e adaptada às transformações do mercado.

Como as tecnologias contribuem para o turnover ideal?

Os softwares de RH são ótimos aliados para que a taxa de turnover se mantenha ideal em uma organização. Essas soluções permitem que as lideranças e o time de gestão de pessoas contratem as pessoas certas e acompanhem o progresso delas na empresa.

Além dos softwares de recrutamento e seleção, que facilitam a contratação de profissionais talentosos e que tenham fit cultural, existem também plataformas de gestão de desempenho. Por meio delas, é possível acompanhar o desenvolvimento e os resultados dos profissionais, identificando os talentos que precisam receber treinamentos e capacitações ou os profissionais que estão desalinhados com a cultura do negócio e devem ser desligados.


Neste conteúdo, você pôde entender que o turnover nem sempre é prejudicial e mantê-lo em um nível ideal pode ser vantajoso para o negócio. Como vimos, a taxa de turnover ideal varia de acordo com a realidade de cada empresa e é fundamental que as lideranças e o time de gestão de pessoas avaliem esse indicador com atenção.

Se você quiser saber mais sobre a rotatividade de pessoal, continue no blog e leia o conteúdo que elaboramos sobre os tipos de turnover mais comuns nas empresas.